Andréa Beltrão ficou com joias do acervo de Hebe: “Família deu de presente”

A atriz revelou que, para ela, foi uma honra e um prazer interpretar a apresentadora e que as peças que ganhou são uma grande recordação

atualizado 06/08/2020 12:25

Andrea Beltrão e Hebe Camargo

A atriz Andrea Beltrão, que estrelou a série Hebe, da TV Globo, revelou, em entrevista à Quem, que durante as gravações usou joias originais do acervo da artista. Depois de finalizar o trabalho, ela recebeu as peças como recordação.

“Ganhei todas as joias. A família me deu de presente. Estão todas aqui comigo”, afirmou. Na trama, dirigida por Maurício Frias, marido de Andrea, ela usou as peças para interpretar  Hebe já em uma fase bem-sucedida da carreira.

0

Do set, outra recordação que a atriz levou não foi tão agradável assim.  Ela relembra que, o uso constante de salto alto, marca registrada de Hebe, acarretou uma fascite plantar, processo inflamatório que recobre a musculatura da sola do pé.

“Ganhei uma fascite plantar também (risos). Dói pra caramba e é difícil de ficar boa, mas a gente consegue com muita fisioterapia. É uma coisa chata e, muitas vezes, vem do uso de salto alto. Como usei muito salto alto neste período de gravações — e também ao longo da minha vida — acabei adquirindo essa minha amiga, a fascite plantar. Ela vem, ela volta. No momento, estou me livrando dela. É chato à beça. Não recomendo.”

Mas, apesar dos contratempos, interpretar Hebe Camargo, para ela, foi um trabalho fascinante. “Fiquei absolutamente surpresa e apaixonada porque conheci a Hebe em casa, a Hebe mulher, a Hebe sozinha, a Hebe que ninguém conhece. Foi uma honra e um prazer encontrar essa intimidade dela, dessa maneira convidada. É um trabalho inesquecível para mim.”

Rainha da televisão

A trama narra em 10 episódios a trajetória da artista, que iniciou a carreira como cantora de rádio e tornou-se uma das mais populares apresentadoras do país, chegando a ser chamada de “rainha da televisão brasileira”.

Na série, Andrea Beltrão interpreta Hebe no período de 1965 a 2012, e também por Valentina Herzage, no período de 1943 a 1954. A apresentadora, nascida em 1929, morreu em 2012.

Últimas notícias