Acusado de intolerância religiosa, Xanddy se defende: “Irresponsável”

A atriz Luana Xavier apontou que o músico retirou um verso da canção Raiz de Todo Bem porque o trecho falava sobre Candomblé

Reprodução/InstagramReprodução/Instagram

atualizado 06/08/2019 16:37

O cantor Xanddy, vocalista do grupo Harmonia do Samba, se defendeu pelas redes sociais após ser acusado de intolerância religiosa pela atriz Luana Xavier, neta da atriz Chica Xavier. O músico pediu desculpas caso tenha ofendido alguém, mas declarou que o desabafo de Luana gerou repercussão negativa para ele.

“Fui acusado de ser intolerante religioso e exposto na internet, onde pessoas que não me conhecem intimamente, estão, infelizmente, reduzindo o meu caráter de forma irresponsável e tóxica”, escreveu.

Xanddy ainda garantiu não ter preconceito com religiões. “Eu respeito e amo o ser humano seja ele católico, espírita, umbandista, candomblecista, judeus, budistas, evangélico… Acima de tudo procuro respeitar a história, particularidade e trajetória de todos, aprendendo a cada dia”, declarou.

“De qualquer forma, peço perdão se ofendi alguém. Do fundo do meu coração, acreditem, não houve intenção de machucá-los. Deus abençoe a todos!”, concluiu o artista.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Fui acusado de ser intolerante religioso e exposto na internet, onde pessoas que não me conhecem intimamente, estão, infelizmente, reduzindo o meu caráter de forma irresponsável e tóxica. Eu respeito e amo o ser humano seja ele católico, espírita, umbandista, candomblecista, judeus, budistas, evangélico… Acima de tudo procuro respeitar a história, particularidade e trajetória de todos, aprendendo a cada dia. . Muitas vezes, encontro nas incontáveis viagens que faço pessoas das religiões de matrizes africanas (principalmente na minha terra, na Bahia) e quase sempre, recebo um abraço gostoso, que vem acompanhado de palavras doces e, obviamente, tento corresponder à altura. Eu sou assim, gosto de ser assim. Quem me conhece sabe. . De qualquer forma, peço perdão se ofendi alguém. Do fundo do meu coração, acreditem, não houve intenção de machucá-los. Que Deus abençoe a todos!!!

Uma publicação compartilhada por @ xanddyharmonia em

Acusação

Em textão publicado no Instagram no fim de semana, Luana apontou que, por ser evangélico, o músico cortou a frase “do canto Candomblé” da música Raiz de Todo Bem. Revoltada, ela criticou a mudança no repertório.

SOBRE O AUTOR
Saullo Brenner

Integrante da equipe do portal desde agosto de 2017, atua como repórter e social media. É autor do livro A Confissão de Palomino, publicado em 2019 pela Editora Metrópoles, e foi finalista do Prêmio Abracopel, na categoria Internet, em 2018.

Últimas notícias