Três internos do sistema socioeducativo no DF testam positivo para Covid-19

Segundo Secretaria de Justiça, um dos adolescentes já se recuperou e todos os infectados são da unidade que prevê liberdade provisória

atualizado 03/08/2020 21:03

Divulgação

Pelo menos três adolescentes que estão internados no sistema socioeducativo do Distrito Federal testaram positivo para o novo coronavírus, sendo que um deles já se recuperou da doença. A informação foi confirmada ao Metrópoles pela Secretaria de Justiça (Sejus), órgão responsável por abrigar os menores de 18 anos em conflito com a lei.

De acordo com a pasta, os jovens são da Unidade de Internação de Saída Sistemática (Uniss), antigo Centro de Internação de Adolescentes Granja das Oliveiras (Ciago), destinada aos socioeducandos que estão em fase final de cumprimento de medida socioeducativa e com autorização judicial para realizar atividades fora da unidade.

“Portanto, a suspeita é de que eles tenham se contaminado com o coronavírus durante as saídas aos finais de semana ou para trabalho. As unidades de internação permanecem sem casos confirmados”, reforça a Sejus.

0
Desinfecção

Para evitar a proliferação da doença no ambiente, a Sejus argumenta já realizou desinfecção e sanitização de todas as unidades de privação de liberdade em projeto com apoio do Serviço de Limpeza Urbana (SLU). Na mesma época, decidiu suspender visitas em todo o sistema socioeducativo.

“Ficou estabelecido protocolo para quarentena e isolamento dos adolescentes recém-ingressos nas unidades e para aqueles com sintomas respiratórios, além de triagem inicial realizada por equipe de saúde em todos os adolescentes que adentram o sistema socioeducativo, para identificação de sintomas típicos da doença Covid–19”, acrescenta.

Ainda segundo a pasta, além de distribuir máscaras e dividir o quantitativo de adolescentes por unidade e por quarto, houve a instalação de dispensadores com preparação de álcool gel a 70% nos principais pontos de assistência e circulação de pessoas, “exigindo o uso de equipamentos de proteção individual para todos os servidores e pessoas que adentram as unidades.”

Últimas notícias