*
 
 

A corrida ao Palácio do Buriti ganhou mais um concorrente disposto a ocupar a principal cadeira do Distrito Federal. Em anúncio oficializado nesta quarta-feira (7/2) – mesmo dia de sua filiação à legenda –, o general Paulo Chagas disse que representará o Partido Republicano Progressista (PRP) na disputa. A decisão conta com o apoio do presidente nacional da sigla, Ovasco Resende, e de Adalberto Monteiro, dirigente local do partido.

Oficial da Cavalaria do Exército, o novo postulante ao Executivo local prefere não ser taxado pela carreira marcial. “Minha candidatura não é militar, mas de um cidadão cuja profissão é ser militar”. Atualmente, Chagas está na reserva das Forças Armadas – ele foi comandante do batalhão dos Dragões da Independência.

Chagas assume a pré-candidatura em momento conturbado do cenário político do Distrito Federal. Pelo menos três grupos tentam costurar alianças com vistas a derrotar o atual governador, Rodrigo Rollemberg (PSB), que revelou a intenção de renovar o mandato.

PP, MDB, PR, PTB e PSDB ensaiam aliança. Por outro lado, PDT, PSD, PPL, PPS e PCdoB também mostram-se dispostos a disputar o cargo. Pela esquerda, o PT já afirmou que terá candidatura própria ao governo local.



 


Rodrigo Rollembergeleições 2018Palácio do BuritiPRPGeneral Paulo ChagasOvasco Resende