Nova diretora da Funap quer dobrar o número de atendimento a presos

Delegada da PCDF, Deuselita Martins ficará responsável pelo projeto de ressocialização dos detentos do sistema penitenciário do DF

Funap/DivulgaçãoFunap/Divulgação

atualizado 10/01/2019 18:39

Nomeada nesta quinta-feira (10/1) para o cargo de diretora da Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap-DF), a delegada Deuselita Pereira Martins pretende dobrar o número de atendimentos a presidiários. A ressocialização de detentos é a principal atribuição da entidade.

Ex-diretora da Penitenciária Feminina do DF por nove anos, Deuselita explica que sua gestão foi marcada pelo trabalho de reintegrar as internas à sociedade. “Agora, depois de tomar pé da situação da Funap, temos como meta dobrar a capacidade de atendimento. É um trabalho essencial e que precisa ser valorizado”, disse à coluna.

Delegada especial da Polícia Civil do DF, a nova gestora já ocupou vários cargos dentro da estrutura da corporação: passou pela 13ª DP (Sobradinho), 16ª DP (Planaltina), 30ª DP (São Sebastião) e foi coordenadora da polícia da Câmara Legislativa (CLDF) na gestão do ex-presidente Alírio Neto (sem partido).

OAB-DF/Acervo
Deuselita: gestão marcada pelo trabalho de reintegrar as internas à sociedade

SOBRE O AUTOR
Caio Barbieri

Cursou jornalismo no Centro Universitário de Brasília (UniCeub). Passou pelas redações do Correio Braziliense, Agência Brasil, Rádio Nacional e foi editor-adjunto da Tribuna do Brasil. Ocupou a assessoria especial no Ministério da Transparência e foi secretário-adjunto de Comunicação do GDF. Chefiou o relacionamento com a imprensa na Casa Civil, Vice-Governadoria, Secretaria de Habitação e na Secretaria de Turismo do DF. Fez consultoria para vários partidos, entidades sindicais e políticos da Câmara Legislativa e do Congresso Nacional. Assina a coluna Janela Indiscreta do Metrópoles e cobre os bastidores do poder em Brasília.

Últimas notícias