Justiça altera data e leilão do Torre Palace Hotel ocorrerá em dezembro

Até então, previsão era de que a venda fosse realizada na última semana de novembro. Decisão do TRT-10 alterou estimativa original

atualizado 20/10/2020 18:36

Rafaela Felicciano/Metrópoles

O Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10) decidiu garantir mais tempo para os interessados em adquirir, por leilão, o Hotel Torre Palace, abandonado desde 2013 no centro de Brasília. A determinação é para que o processo de venda seja finalizado no dia 3 de dezembro, às 10h, uma semana após o prazo anterior, que era em 26 de novembro.

O leilão ocorrerá totalmente via internet pelo período de cinco dias úteis. Durante esse prazo, os interessados poderão enviar os lances para o site da empresa organizadora. Os arrematantes deverão garantir a sua oferta, por meio presencial ou eletrônico, mediante depósito do sinal de 20% (vinte por cento) do respectivo valor,  completando-o em 24 horas do dia útil subsequente ao processo, sob pena de perder o sinal em benefício da execução.

A área construída de 7.526,40 m² está avaliada em R$ 35 milhões, valor do lance acrescido da comissão de 5% da empresa especializada em leilões. Os interessados poderão vistoriar previamente os bens, em data e horário definidos com o leiloeiro. A decisão é da juíza substituta Vanessa Reis Brisolla, da 13ª Vara do Trabalho.

De acordo com a Justiça, o arrematante receberá o bem livre de quaisquer ônus tributários, inclusive débitos de IPTU e TLP , “uma vez que se sub-rogará no preço da  hasta, bem como não responderá por eventuais débitos, tais como água, luz, taxa(s) condominial(is), multas e outros, acaso existente(s), inscritos ou não na dívida pública, geradas até a data da arrematação, de forma que esses encargos não serão transferidos aos arrematantes”, informa.

Veja a íntegra da decisão:

Edital Torre Palace by Metropoles on Scribd

Abandono

Não é a primeira vez que o Torre Palace Hotel vai a leilão. O Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10) tinha marcado a venda para 28 de março de 2016, mas a medida foi suspensa por controvérsias relativas ao valor da dívida do imóvel.

Fundado em 1973, o Torre Palace Hotel foi o primeiro prédio do Setor Hoteleiro Norte. O empreendimento se tornou parte de uma disputa entre herdeiros do libanês Jibran El-Hadj, dono do prédio, morto em 2000. Abandonado desde 2013, quando teve as atividades encerradas, o hotel virou abrigo de moradores de rua e usuários de drogas.

Confira fotos do lugar:

0

Últimas notícias