*
 
 

No jogo de xadrez que se transformou a formação de alianças para a disputa pelo comando do Palácio do Buriti neste ano, uma movimentação de peças pode mudar os rumos da escolha dos candidatos. O advogado Ibaneis Rocha (MDB) desistiu de concorrer ao GDF. A decisão, de acordo com ele, foi tomada depois de o ex-secretário de Saúde Jofran Frejat (PR) ter garantido a ele que seria candidato.

“Não sou político profissional. Minha disposição de me candidatar sempre foi mais para dar um rumo para o nosso grupo. Hoje, percebo que a oposição está unida e consolidada em torno do nome do Frejat”, justificou Rocha.

O anúncio, neste domingo (4/2), ocorre quatro dias depois de uma reunião na casa do presidente do DEM, deputado federal Alberto Fraga, no Lago Norte. Participaram do encontro Jofran Frejat, o deputado federal Izalci Lucas (PSDB), o ex-distrital Alírio Neto (PTB) e o ex-vice-governador Tadeu Filippelli (MDB).

Ao Metrópoles, Frejat disse ter ficado extremamente lisonjeado com a atitude do emedebista e que demonstra um passo importante na consolidação de uma chapa unida em torno do mesmo objetivo. “O nosso trabalho tem sido agregar nomes importantes para o Distrito Federal para uma composição majoritária dos que esperam o melhor para Brasília”, afirmou.

De acordo com Ibaneis Rocha, agora ele vai trabalhar para tentar a viabilidade de se candidatar ao comando do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que terá eleições apenas no próximo ano. No entanto, ressalta, as escolhas dos conselhos estaduais é neste ano e o resultado desse pleito é fundamental para que os presidentes estaduais eleitos reforcem a viabilidade do nome dele em uma chapa nacional.

Sobre a palavra “desistência”, o advogado diz ter feito apenas um gesto de disposição, visando unir ainda mais o grupo. “Continuo filiado ao MDB e pronto para trabalhar em qualquer local que o nosso presidente me pedir. Temos todos um único objetivo”.

O anúncio movimenta o domingo na política local, um dia depois de o Partido dos Trabalhadores definir que terá candidatura própria ao GDF. Até agora, o único pré-candidato certo para concorrer ao Palácio do Buriti é o governador Rodrigo Rollemberg (PSB). Em entrevista ao Metrópoles no início do ano, ele confirmou a disposição de disputar mais um mandato.

 



 


eleições 2018jofran frejatibaneis rocha