Ex-presidente da Terracap, Antônio Gomes pede desfiliação do PSDB

Ele ainda renunciou ao cargo de secretário-geral. "Não acredito nessa aliança comandada pelo senador Cristovam Buarque", diz

Bruno Pimentel/MetrópolesBruno Pimentel/Metrópoles

atualizado 22/05/2018 9:15

O ex-presidente da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) Antônio Raimundo Gomes da Silva pediu a desfiliação do PSDB. Nessa segunda-feira (21/5), ele encaminhou carta para a direção da legenda pedindo a saída e a renúncia do cargo de secretário-geral da Comissão Executiva do PSDB-DF.

A motivação do tucano, que administrou a estatal na gestão Arruda, foi o anúncio da pré-candidatura do presidente local da sigla, Izalci Lucas, ao Palácio do Buriti em uma coalizão com outros nove partidos. “Decidi sair do PSDB junto a outros companheiros porque não acreditamos nessa aliança comandada pelo senador Cristovam Buarque (PPS) em busca de sua reeleição”, afirmou.

Para Silva, a “terceira via”, como o grupo foi intitulado, é mero “acostamento”. “O Izalci será o Pitiman de 2018. Vai nadar, nadar e morrer longe da praia”, disse.

Luiz Pitiman (PSDB) concorreu às eleições de 2014 para o cargo de governador e teve 4,46% dos votos válidos.

Veja documento:
Reprodução

SOBRE O AUTOR
Manoela Alcântara

Formada em jornalismo pelo Icesp. Trabalhou na Voz do Brasil, no Jornal de Brasília e no Correio Braziliense. Ganhadora de dois prêmios Sebrae de Jornalismo Econômico, uma das vencedoras do 1º Prêmio Polícia Federal de Jornalismo, jornalista destaque da Universidade de Brasília (UnB) por três vezes consecutivas. Repórter de Política local do Metrópoles desde 2015.

Últimas notícias