*
 
 

O ex-presidente da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) Antônio Raimundo Gomes da Silva pediu a desfiliação do PSDB. Nessa segunda-feira (21/5), ele encaminhou carta para a direção da legenda pedindo a saída e a renúncia do cargo de secretário-geral da Comissão Executiva do PSDB-DF.

A motivação do tucano, que administrou a estatal na gestão Arruda, foi o anúncio da pré-candidatura do presidente local da sigla, Izalci Lucas, ao Palácio do Buriti em uma coalizão com outros nove partidos. “Decidi sair do PSDB junto a outros companheiros porque não acreditamos nessa aliança comandada pelo senador Cristovam Buarque (PPS) em busca de sua reeleição”, afirmou.

Para Silva, a “terceira via”, como o grupo foi intitulado, é mero “acostamento”. “O Izalci será o Pitiman de 2018. Vai nadar, nadar e morrer longe da praia”, disse.

Luiz Pitiman (PSDB) concorreu às eleições de 2014 para o cargo de governador e teve 4,46% dos votos válidos.

Veja documento:
Reprodução



 


PSDBrenunciaeleições 2018aliançaIzalci Lucasdesfiliação