Edição extra do DODF traz minirreforma administrativa do GDF

Entre as mudanças, o governador cria a Secretaria de Atendimento Comunitário, reestrutura vice-governadoria e remaneja órgãos da Casa Civil

atualizado 22/01/2019 8:05

Dênio Simões/Agência Brasília

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), fez uma reforma administrativa na noite desta segunda-feira (21/1). Um dos decretos cria a Secretaria de Atendimento Comunitário, uma das promessas do emedebista durante a campanha eleitoral. A pasta será comandada pelo advogado Severino Cajazeiras, também nomeado na edição extra desta segunda.

Além da nova pasta, que vai abrigar o aliado do governador, o DODF determina também a reestruturação completa do gabinete do vice-governador Paco Britto (Avante). O órgão havia sofrido desmonte ainda na gestão de Rodrigo Rollemberg (PSB) após desavenças entre o então titular do Palácio do Buriti e o ex-número dois do DF Renato Santana (PSD).

A pasta responsável pelo relacionamento entre o Executivo local e a Câmara Legislativa também passou por mudanças. A partir de agora, segundo o veículo oficial do DF, a Secretaria Adjunta de Assuntos Legislativos e a Assessoria de Assuntos Parlamentares, que integravam até então a Casa Civil do Governo do Distrito Federal, passam a ser subordinadas ao gabinete do governador. A ideia é de que o titular do Palácio do Buriti fique à frente de todo o diálogo entre os dois poderes.

Últimas notícias