Covid-19: sistema prisional do DF supera o Plano Piloto em número de casos

Registros nos presídios da capital são ainda maiores, uma vez que a Secretaria de Saúde não contabiliza os 69 policiais penais infectados

atualizado 02/05/2020 0:34

sombra de presos WILSON DIAS/AGÊNCIA BRASIL

O casos confirmados de coronavírus dentro do complexo penitenciário local já ultrapassam os registrados no Plano Piloto, região até então com maior índice de contaminações no Distrito Federal.

Nas últimas três semanas, a alta na quantidade de internos diagnosticados com a doença chegou a 282%.

De acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde, divulgado na noite desta sexta-feira (01/05), 246 presos testaram positivamente para a Covid-19, enquanto a área central de Brasília contabiliza 231 pacientes.

Essa diferença sobe ainda mais se for contabilizada a quantidade de policiais penais infectados: 69.

Sete internos que apresentaram sintomas moderados da Covid-19 estão internados, por precaução, no Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Um policial penal segue entubado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) de um hospital particular de Brasília. Os demais contaminados são acompanhados por equipes de saúde nas próprias unidades prisionais.

Ainda nesta sexta-feira, o Governo do Distrito Federal informou que o número de casos de coronavírus no DF chegou a 1.567 . Os dados do GDF sobre a Covid-19 foram atualizados às 18h16. Há 25 infectados a mais em relação ao balanço anterior, divulgado no fim da manhã desta sexta-feira, que indicava 1.542 doentes.

Mortes

A capital do país registrou 31 mortes em decorrência da doença. A 31ª vítima do coronavírus na capital do país morreu nessa quinta-feira (30/04), mas entrou na estatística oficial da Secretaria de Saúde nesta sexta. A mulher de 85 anos tinha hipertensão, comorbidade que pode agravar o quadro de pacientes contaminados.

Dos 1.567 infectados no DF, 901 se recuperaram. Isso significa que 57,49% do número total de pessoas que tiveram a Covid-19 em território brasiliense até o momento conseguiram superar a doença.

Últimas notícias