Virginie Viard, a designer que seguirá o legado de Lagerfeld na Chanel

O alemão esteve à frente da marca por mais de 30 anos. Apesar da mudança, espera-se que o DNA da grife seja mantido

Pascal Le Segretain/Getty ImagesPascal Le Segretain/Getty Images

atualizado 20/02/2019 18:45

Nessa terça-feira (19/2), o mundo da moda lamentou a morte de uma das figuras mais respeitadas na indústria: Karl Lagerfeld. O designer atuava como diretor criativo da Chanel e da Fendi, além de tocar uma marca que leva o próprio nome. Depois da triste notícia, a maison francesa anunciou que a diretora de estúdio Virginie Viard assumirá o comando criativo da grife.

A novidade foi comunicada pelo presidente da Chanel, Alain Wertheimer, que recomendou a Viard continuar o “legado de Gabrielle Chanel e Karl Lagerfeld”. “Graças ao seu gênio criativo, sua generosidade e sua excepcional intuição, Karl Lagerfeld foi um avanço em sua época e contribuiu amplamente com o sucesso da grife pelo mundo”, apontou o executivo.

Vem comigo saber mais!

 

No mês passado, na Semana de Alta-Costura, em Paris, pela primeira vez em mais de 30 anos o estilista não apareceu na passarela do evento. Na ocasião, o estado de saúde do kaiser já estava debilitado. Por isso, foi Virginie Viard quem representou o estilista nos aplausos finais.

Desde então, começaram as especulações de que ela seria a escolhida para suceder Lagerfeld. Só não imaginávamos que isso aconteceria tão rápido.

Agora, surge expectativa em relação ao caminho a ser tomado pela Chanel. Afinal, Karl revolucionou a grife de Gabrielle Bonheur Chanel. Ele fez o que poucos imaginavam: levou modernidade para a label, e, ao mesmo tempo, manteve as características tradicionais e marcantes.

O esperado é que Virgine não fuja do DNA da maison. “O maior tributo que podemos fazer hoje é seguir o caminho que ele marcou”, afirmou o atual CEO da Chanel, ao citar uma das frases mais ditas por Karl: “Continuando a abraçar o presente e inventar o futuro”.

A designer tinha toda a confiança de Lagerfeld. “Ela é minha mão direita e minha mão esquerda”, disse o estilista em uma entrevista à revista Elle norte-americana, em 2018. “Nosso relacionamento é essencial, duplicado por uma amizade e carinho muito real”, definiu.

Dominique Charriau/WireImage/via Getty Images
Virginie Viard substituiu Karl Lagerfeld no encerramento do desfile de haute couture com a coleção primavera/verão 2019

 

Quem é Virginie Viard?
A francesa Virgine Viard trabalhava com Karl Lagerfeld desde 1987. Ela começou em um estágio na área de bordados de alta-costura. Ao longo do tempo, aproximou-se cada vez mais do estilista e se tornou uma amiga próxima.

Na década de 1990, quando Karl assumiu a direção criativa da Chloé, Virginie o acompanhou. Depois de cinco anos, voltou para a Chanel. Como diretora de estúdio, tinha o papel de “ajudar a tornar a visão de Karl realidade”, como ela mesma afirma.

A nova diretora criativa da Chanel atuava em projetos de áreas como ready-to-wearresort e alta-costura. Virginie participou intensamente das coleções recentes da grife. Além do apoio nas produções, trabalhou na escolha de modelos e nos retoques finais dos desfiles.

O carinho entre Karl e ela era recíproco. “Tento antecipar o que ele gostaria. Ele é muito sensível, como todas as pessoas criativas, mas muito fiel e generoso. Isso pode não ser o que as pessoas imaginam”, declarou Virginie em entrevista à Elle, no ano passado.

Kristy Sparow/Getty Images
Virgine Viard começou na Chanel em 1987

 

Bertrand Rindoff Petroff/Getty Images
Além de parceiros no trabalho, Virgine e Karl eram amigos

 

Para outras dicas e novidades sobre o mundo da moda, não deixe de visitar o meu Instagram. Até a próxima!

Colaborou Rebeca Ligabue

SOBRE O AUTOR
Ilca Maria Estevão

Bacharel em psicologia pela Universidade Georgetown, em Washington D.C. (EUA). É apaixonada por moda e acompanha toda movimentação no universo fashion.

Últimas notícias