São Paulo Fashion Week N47: saiba quais são as cinco marcas estreantes

Another Place, Flavia Aranha, Haight, Neriage e Också participarão da nova edição da semana de moda paulistana

Divulgação/Flavia AranhaDivulgação/Flavia Aranha

atualizado 05/04/2019 17:40

A 47ª edição do São Paulo Fashion Week acontecerá no espaço Arca, na Vila Leopoldina, entre os dias 22 e 27 de abril. Desta vez, a semana de moda paulistana terá a estreia de cinco marcas: Another Place, Flavia Aranha, Haight, Neriage e Också.

A novidade foi publicada nas redes sociais do São Paulo Fashion Week nessa quinta-feira (4/4). A programação dos desfiles não foi divulgada ainda, mas algumas marcas já confirmaram participação. Entre elas, Lenny Niemeyer e Reinaldo Lourenço – que vai abrir a edição com um desfile no Farol Santander, no dia 22.

Sustentabilidade, moda sem gênero e rompimento de ideologias dominantes são algumas ideias que inspiram as grifes estreantes.

Vem comigo saber mais!

Another Place
A ideia da Another Place é quebrar padrões e fugir dos estereótipos, pois a marca acredita que é preciso fazer diferença no mundo para ser original. As peças genderless são feitas para caber em qualquer corpo, independentemente do gênero.

Recortes amplos, cores neutras e o estilo street dão tom à marca pernambucana, criada por Rafael Nascimento em 2015. A label já desfilou na Semana de Moda de Nova York.

Divulgação/Another Place
Another Place surgiu em 2015 e tem proposta genderless

 

Divulgação/Another Place
As roupas têm um mood street e atual

 

Divulgação/Another Place
Macacão tie dye da Another Place

 

Divulgação/Another Place
A marca foi fundada pelo estilista Rafael Nascimento

 

Flavia Aranha
Referência da moda sustentável brasileira, Flavia Aranha criou a marca homônima há uma década. Para ela, a sustentabilidade vai desde o plantio da matéria-prima até o recorte e a costura dos tecidos. Suas criações, feitas com tingimento natural, são leves, clean e têm um caimento contemporâneo.

À Folha de S. Paulo, a estilista revelou que sua coleção para o SPFW vai refletir seu trabalho nos últimos 10 anos. Para isso, vai resgatar técnicas e materiais típicos da cultura têxtil nacional, como pau-brasil, látex, algodão orgânico, tecelagem e marchetaria. O desfile será no dia 27.

Divulgação/Flavia Aranha
Flavia Aranha cria peças fluidas e com caimento contemporâneo

 

Divulgação/Flavia Aranha
A estilista Flavia Aranha (foto) é destaque na moda sustentável

 

Divulgação/Flavia Aranha
A label trabalha com tingimento natural

 

Divulgação/Flavia Aranha
A coleção apresentada no SPFW vai refletir os 10 anos de existência da marca

 

Haight
Por meio de peças sofisticadas, tecidos tecnológicos e um ar minimalista, a estilista Marcella Franklin propõe um beachwear diferenciado com a Haigh. Criada em 2014, a marca carioca vai debutar na passarela da semana de moda paulistana às 19h30, do penúltimo dia (26/4). Recortes e hot pants dão um toque vintage às produções.

Divulgação/Haight
O beachwear da marca carioca Haight é sofisticado e vintage

 

Divulgação/Haight
A marca usa tecidos tecnológicos e aposta no minimalismo

 

Divulgação/Haight
As modelagens trazem sofisticação

 

Divulgação/Haight
A estilista Marcella Franklin assina as criações

 

Neriage
Há dois anos, a designer paulista Rafaella Caniello criou a Neriage. Sua proposta artística faz da textura das roupas uma extensão do corpo. A palavra japonesa remete a uma técnica que mistura diferentes tons de argila para criar um efeito marmorizado.

O processo artesanal do slow fashion bem como a qualidade dos detalhes são características marcantes no trabalho da estilista, que também prioriza o conforto.

Para a estreia, ela vai apresentar uma coleção chamada Ensaio sobre Nós, inspirada nos movimentos da dança e no devaneio como fuga da realidade.

Divulgação/Neriage
Neriage é uma marca que trabalha com texturas

 

Divulgação/Neriage
O nome da marca é inspirado em uma técnica que mistura argilas para criar um efeito marmorizado

 

Divulgação/Neriage
A label foi criada pela designer Rafaella Caniello

 

Också
O estilista Igor Bastos desenha as peças da marca, criada em 2013, em Porto Alegre. O nome significa “também” em sueco e tem tudo a ver com a ideia unissex da etiqueta, que busca referências artísticas para inspirar suas criações. A grife, que tem sede em Barcelona, na Espanha, já participou da Casa dos Criadores e do Fashion Rio.

Divulgação/Ocksa
Igor Bastos desenha as criações da Också

 

Divulgação/Ocksa
A marca tem um mood street e moderno

 

Divulgação/Ocksa
A palavra “också”, em sueco, significa “também”

 

Divulgação/Ocksa
A Också surgiu em 2013, por iniciativa de Igor Bastos e Deisi Witz

 

Para outras dicas e novidades sobre o mundo da moda, não deixe de visitar o meu Instagram. Até a próxima!

Colaborou Hebert Madeira

SOBRE O AUTOR
Ilca Maria Estevão

Bacharel em psicologia pela Universidade Georgetown, em Washington D.C. (EUA). É apaixonada por moda e acompanha toda movimentação no universo fashion.

Últimas notícias