*
 
 

Anualmente, em junho, o Conselho de Estilistas Norte-Americanos (CFDA) reúne personalidades da moda para homenagear os maiores talentos entre as grifes do país. Nessa segunda-feira (4/6), o evento aconteceu pela primeira vez fora de Manhattan. O local escolhido para abrigar a premiação foi o Brooklyn Museum, em Nova York.

Apresentada pela atriz Issa Rae, estrela da série Insecure, da HBO, a premiação escolheu os estilistas e designers que se destacaram em quatro categorias: masculina, feminina, design de acessórios e novo talento. O evento, cuja primeira edição aconteceu em 1981, está entre os mais importantes e reconhecidos dentro do universo fashion. Além da homenagem a talentosos artistas, prestigia personal style, jornalistas e influenciadores.

Vem comigo e saiba mais sobre os vencedores de 2018!

 

Ícone fashion
Naomi Campbell foi a grande vencedora do prêmio de Ícone Fashion do CFDA Fashion Awards. Na Inglaterra, ela foi a primeira modelo negra a estampar capas de revistas como a Elle, além da Time Magazine, nos Estados Unidos, e da Vogue francesa.

Quando subiu ao palco, fez um discurso forte contra o racismo.

“Disseram muitas vezes que eu não conseguiria fazer certas coisas por causa da cor da minha pele. Estou aqui hoje como uma mulher negra orgulhosa, e vou continuar lutando por diversidade e igualdade neste setor”, afirmou Naomi.

Getty Images

Naomi Campbell, Ícone Fashion

 

Designer de moda feminina 
Diretor criativo da Calvin Klein, Raf Simons levou o prêmio de moda feminina. No ano passado, ele já havia vencido a mesma categoria, além da masculina.

O profissional, nascido e criado na Bélgica, lançou sua linha homônima em 1995, e já passou por grifes como Jil Sander e Dior.

Hoje, o estilista faz manifestações políticas nas passarelas da americana Calvin Klein. Inclusive, em sua primeira coleção com a grife, homenageou os Estados Unidos. É diretor criativo da marca desde agosto de 2017 e, nesse tempo, alterou a logo da label, além de tornar o serviço sob medida mais acessível.

Getty Images

Raf Simons, designer de moda feminina do ano

 

Designer de moda masculina
Não é novidade que a Supreme é uma das marcas mais bem-sucedidas do momento. Prova disso é o troféu de moda masculina do CFDA Awards dado a James Jebbia, fundador da label.

“Nunca considerei a Supreme uma marca de moda, ou eu, um designer, mas agradeço o reconhecimento pelo trabalho que tenho feito”, disse o estilista.

Getty Images

James Jebbia no palco do CFDA Awards

 

Designer de acessórios
As gêmeas Olsen são muito conhecidas por terem estrelado, entre os 6 meses e os 8 anos de vida, o seriado Full House. Cresceram com estilo e sempre causando polêmica. Atualmente, arrasam no mundo fashion e, no CFDA Awards, receberam o prêmio de designer de acessórios do ano.

A marca criada por elas, a The Row, foi fundada em 2006. A primeira loja física da grife foi inaugurada  em Los Angeles, em 2014, e as peças da label têm um estilo minimalista e chique.

Getty Images

Ashley Olsen e Mary-Kate Olsen

 

Prêmio Swarovski para talento emergente
Sander Lak, que está à frente da marca novaiorquina Sies Marjan, foi laureado na categoria Swarovski de talento em ascensão. Antes de criar a própria grife, o holandês passou pela Dris Van Noten.

O trabalho de Sander tem ganhado reconhecimento nas passarelas de Nova York. Ele flutua com cores vibrantes e criações inovadoras. A tendência é que o sucesso dele só aumente. Vamos acompanhar!

Getty Images

Sander Lak levou o prêmio de novo talento

 

A edição deste ano trouxe algumas novidades, como uma homenagem à influenciadora Kim Kardashian e ao estilista Ralph Lauren, que recebeu o tributo inédito Members Salute.

Getty Images

Kim Kardashiam, primeira influenciadora a levar o prêmio para casa. Ela é socialite e umas das maiores instagrammers da atualidade. “Estou um tanto chocada em ganhar um prêmio de moda quando estou nua a maior parte do tempo”, disse ela sobre a homenagem

 

Getty Images

Ralph Lauren, homenageado com o Members Salute. A label do estilista norte-americano foi criada em 1967

 

Entre os homenageados da noite, estão Diane von Fürstenberg – que recebeu o prêmio Swarovski para mudança positiva pelo ativismo em prol do empoderamento feminino –, e Narciso Rodriguez. Ele levou para casa o Geoffrey Beene Lifetime Achievement Award.

Quem ficou com o Prêmio dos Fundadores foi Carolina Herrera, que deixou o comando do design da marca neste ano. Donatella Versace recebeu o Prêmio Internacional da CFDA. Já Edward Enninful, estilista e editor-chefe da Vogue britânica, foi agraciado com o Media Award.

Getty Images

Diane von Fürstenberg é estilista e economista. Criadora do famoso vestido-envelope, ela é belga e naturalizada norte-americana

 

Getty Images

Donatella assumiu o comando da Versace em 1997, quando seu irmão Gianni, criador da marca, morreu. É uma das estilistas mais renomadas e respeitadas do mundo

 

Getty Images

Edward Enninful é o editor-chefe da Vogue britânica desde 2017. Natural de Gana, ele passou a infância em Londres, onde começou sua carreira de modelo. Em 2008, Enninful participou da criação da “edição negra” da Vogue italiana

 

CDFA Awards
Os premiados são escolhidos por um grupo de personalidades de peso do mundo da moda. Primeiramente, o conselho envia as opções de cada categoria para uma rede de mais de 500 pessoas, composta por varejistas, jornalistas, estilistas e influenciadores. Depois, o quadro de diretores do CFDA toma a decisão final. O evento que anuncia os vencedores é realizado em parceria com a Swarovski.

Para outras dicas e novidades sobre o mundo da moda, não deixe de visitar o meu Instagram. Até a próxima!

Colaborou Rebeca Ligabue



modaCFDA Fashion Awards
 


COMENTE

Ler mais do blog