*
 
 

Quando o assunto é sustentabilidade, as russas Karina Papp, 30 anos, e Anna Vladi, 29 trazem um conceito novo e atual. Remodelam peças que encontram pelas ruas de Berlin e, há dois anos, não compram roupas. 

O resultado é incrível. Além de mostrar uma alternativa justa e sustentável à indústria da moda, cada vez mais veloz, a dupla consegue se esquivar de tendências passageiras. Isso sem falar em como as duas capricham no olhar vintage, arrasando no visual e mostrando que comprar roupa nova é coisa do passado.

Vem comigo conferir!

Com um perfil chamado Found on the Streets, as residentes de Berlim acumulam mais de 15 mil seguidores no Instagram, onde compartilham fotos das produções. À primeira vista, a conta parece só mais uma página de looks do dia. Porém, cada peça, tênis, jeans ou jaqueta exibida no feed não foi encontrada em lojas, mas sim nas ruas da capital da Alemanha.

Divulgação/Found on the Street

Karina Papp tem 30 anos e vive na capital alemã desde os 25. Ela trabalha como tradutora

 

Jornalistas de São Petersburgo, Rússia, Karina e Anna trabalham como tradutoras. Para elas, a vida em Berlim ajuda a adotar esse estilo de vida desapegado. Por lá, as pessoas doam sem esperar nada em troca. Além dos achados nas ruas, elas só compram de amigos ou em brechós. Ou seja, tudo é reutilizado de alguma forma.

“Moda, para nós, não se trata de consumir. É sobre descobrir, compartilhar, dar e receber. Este projeto não foi criado para promover uma marca ou estilo particular. De fato, é uma coleção de uma peça, e cada uma tem sua história. Todos os itens serão doados em algum momento, porque acreditamos em vida longa para as coisas também”, diz o manifesto, publicado no Instagram.

Divulgação/Found on the Street

Anna Vlad tem 29 anos e deu início ao projeto com a amiga Karina Papp

 

As peças são variadas e provam que é possível ter estilo com produtos de segunda mão. Com uma diversidade de vestidos, camisas, calças e sapatos, elas compõem looks coloridos e despojados.

As comunicadoras defendem que a ideia não é pregar algum tipo de “filosofia moderna”. A intenção é apenas mostrar formas alternativas de se expressar por meio do estilo. “Vamos olhar ao redor, vestir e divertir”, concluem.

Confira outros looks na galeria:

Para outras dicas sobre o mundo da moda, não deixe de visitar o meu Instagram. Até a próxima!

Colaborou Hebert Madeira



 


modaFound on the streets