Respect! Organização lança projeto para denunciar abuso sexual na moda

A proposta defende a autonomia de modelos sobre seus próprios corpos e exige que agências usem códigos de conduta mais rígidos. Vem comigo!

atualizado 18/05/2018 14:49

Nesta semana, a ONG Model Alliance deu mais um passo para impedir abusos sexuais contra modelos, lançando o programa Respect.

Apresentada na última quarta-feira (16/5) durante o Copenhagen Fashion Summit, na Dinamarca, a iniciativa foi marcada pela divulgação de uma carta aberta com 100 assinaturas. Milla Jovovich, Edie Campbell e Karen Olson são alguns dos famosos que apoiam o posicionamento direcionado a marcas e agências do universo da moda.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, vem comigo!

 

O texto do manifesto relembra as inúmeras denúncias que marcaram o fim de 2017 e critica a atual situação da indústria. “Como modelo, nossa imagem serve para fins comerciais, mas os corpos continuam sendo nossos. Concordar em ser fotografado ou filmado não significa permitir ser tocado, acariciado, despido sem consentimento ou coisa pior.”

Vale lembrar que, no final do ano passado, fotógrafos como Terry Richardson, Mario Testino e Bruce Weber foram acusados publicamente de assédio e abusos. A carta também encoraja os modelos a relatarem casos ocultos dos bastidores.

 

Outra reivindicação é que as agências de casting e demais companhias do meio optem por colaborar com quem aderir ao Respect. Para isso, vão criar uma espécie de blueprint e qualificar os parceiros, além de valorizarem aqueles que decidirem integrar o projeto.

A saúde também é ponto alto da ação, que pede maior cuidado com distúrbios alimentares e body shaming.

into the gloss
Sara Ziff

 

Com o intuito de conseguir apoio, a modelo norte-americana Sara Ziff, representante e criadora da organização, vai apresentar a proposta a empresas da indústria fashion. Os abusos sofridos por ela durante a adolescência motivaram a fundação da Model Alliance, que tem o intuito de defender os colegas de profissão de injúrias e situações trabalhistas precárias.

 

Para outras dicas e novidades sobre o mundo da moda, não deixe de visitar o meu Instagram. Até a próxima!

Últimas notícias