">
*
 
 

Raquel Jones é mineira, mas foi na capital federal que se lançou como empresária. Dona de uma beleza estonteante e um corpo de bailarina, a jornalista comanda, em Brasília, a Capezio, loja especializada em todo o segmento da dança e suas modalidades, especialmente o ballet clássico. Além disso, as linhas de ginástica e fitness são os outros carros-chefes da marca, que faz sucesso tanto no Brasil quanto no exterior.

Raquel é minha amiga e, nessa quarta-feira (6/12), convidou a coluna para o lançamento da nova coleção da Capezio. As peças de academia têm um toque de sofisticação, resultado da pegada fitness misturada com a delicadeza do ballet.

Escolhi meus favoritos e descobri um pouco mais sobre esta jovem empreendedora cheia de garra e vontade de viver.

Vem comigo!

Giulia de Castro, Raquel Jones e Lucila Pena

A coleção verão 2018 da Capezio entrou na tendência da temporada e lançou uma linha que é a cara dos anos 1980. Com cores vibrantes e peças em cirrê vinil, as produções aparecem com detalhes em cortes geométricos, misturando estampas e tecidos como a lycra e o tule. Os tops, como Raquel descreve, “são protagonistas na produção de um look e dispensam a camiseta”. Outros artigos incluem bodies, leggings e itens de moletom cheios de personalidade.

Veja os meus favoritos:

Vinicius Santa Rosa/Metrópoles

 

Vinicius Santa Rosa/Metrópoles

 

“A mulher Capezio é, sobretudo, feminina, pois ela carrega o mood da dançarina. Ela gosta de compor artigos da atividade com seu vestuário no dia a dia. Por que não usar a calça bailarina para sair e o collant para malhar ou ir à praia? Nossas clientes não deixam de ser ecléticas e criativas ao se produzirem e, é importante dizer, sempre optam pelo conforto”, comenta Raquel.

A grande novidade fica por conta da lycra trilobal, uma fibra digital de alta qualidade. Assim como na geração New Wave – quando calças com brilho eram um sucesso –, as peças podem ser usadas na academia, no dia a dia e, até mesmo, na noite.

Os collants em laranja e lilás, tradicionais nas aulas de ballet e academias, seguem uma pegada mais urbana quando combinados com uma calça jeans ou uma saia de couro. Todos são lindos e muito versáteis. Outras cores vibrantes são o pink e o violeta.

Se você gosta de algo mais clean, a coleção também tem peças em tons neutros, como o branco, o preto e o cinza. Eu adoro abusar do collant com jaqueta jeans e calça de moletom. É confortável, estiloso e totalmente luxury sport.

Vinicius Santa Rosa/Metrópoles

Giulia de Castro, Raquel Jones e Lucila Pena

 

Na Capezio, também é possível encontrar outros tipos de peças para complementar o guarda-roupa ou enriquecer os looks. Os pareôs da estilista brasiliense Lucila Pena são alguns dos itens disponíveis na loja. “Minha marca é focada em festa. Por isso, fiz os pareôs com a mesma seda que eu faço os vestidos, mas a pegada é mais verão. Você pode usar tanto no dia a dia quanto na praia, ou em uma pool party. O collant da Capezio fica perfeito com os pareôs”, explica Lucila, produtora também das célebres blusas ciganinhas ombro a ombro.

Vinicius Santa Rosa

Lucila Pena

 

 

Vinicius Santa Rosa/Metrópoles Vinicius Santa Rosa/Metrópoles Vinicius Santa Rosa/Metrópoles Vinicius Santa Rosa/Metrópoles

Os biquínis da grife italiana Be Queeny, também à venda no local, são outros itens de destaque. Os modelos têm diferenciais que valem a pena detalhar. Para começar, existem dois tipos de modelagens. Na parte de cima, as clientes podem apostar no estilo “tomara que caia” ou na famosa cortininha. Na parte de baixo, a escolha é entre o europeu, com o bumbum mais coberto, e o brasileiro, com um corte mais revelador. Sem falar que a marca também tem peças infantis!

Vinicius Santa Rosa/Metrópoles Vinicius Santa Rosa/Metrópoles Vinicius Santa Rosa/Metrópoles

Segundo Giulia de Castro, que trouxe os biquínis para Brasília, todos eles são resistentes a cloro, sal e protetor solar. “Algumas estampas são edições limitadas. Quando acabam as peças, acaba-se aquela estampa. Por isso, se chama Be Queeny. Se você adquirir um produto nosso, dificilmente encontrará outra pessoa com um igual. Fazemos de nossa cliente uma rainha”, declara a empresária.

Vinicius Santa Rosa/Metrópoles Vinicius Santa Rosa/Metrópoles

Há 40 anos fazendo parte da história da dança no Brasil, a Capezio está entre as marcas mais cobiçadas do mundo. Além de conhecida pela qualidade de suas peças, a brand trabalha para o desenvolvimento e crescimento da atividade no país.

A grife conta com mais de 2.000 opções de itens no catálogo, além de oferecer a possibilidade de produção sob encomenda – sempre uma boa opção. São 38 lojas em todo o país, sendo que a de Brasília, pertencente a Raquel, conta com algumas de suas peças favoritas. “Os tops no tamanho de um cropped escondem quase toda barriga, e você não precisa usar blusa para malhar. Feito em tramas, eles podem ser usados para sair e, também, para ir à praia”, explica a empreendedora.

Para seguir o ritmo de sucesso que a marca tem trazido para o Brasil, Raquel trabalha bastante. Pensando nisso, eu jamais poderia deixar de fazer uma entrevista com ela. O resultado, você confere abaixo.

Vinicius Santa Rosa/Metrópoles Vinicius Santa Rosa/Metrópoles

 

Como começou sua paixão pelo ballet?
Surgiu naturalmente, ao longo de anos de treino. Comecei com três anos, no Ballet Primeiro Ato, em Belo Horizonte. Depois, fui para o Ballet Movimento, por onde segui até o corpo de baile, sob os ensinamentos de Nora Vaz de Mello. Foi um período valioso. Cheguei a ser a primeira-bailarina da academia, realizando diversos solos e pas de deux – entre eles, Coppélia, La Bayadère e a Fada Lilás. Aos 19 anos, deixei de dançar profissionalmente e passei a me dedicar ao curso de jornalismo na Universidade Fumec. Mas a dança sempre me encantou, o ballet está na alma. Anos depois, quando resolvi voltar à modalidade, já morando em Brasília, me encontrei na aula da maîtresse Norma Lillia Biavaty.

Por que resolveu virar empresária?
Muito mais que uma profissão, o jornalismo é uma missão. Sempre fui apaixonada por escrever. Trabalhei em redação, com jornal impresso, rádio, assessoria de imprensa. Me realizei bastante, mas sempre tive o desejo de abrir o meu negócio próprio. Fiz um curso de empreendedorismo criativo na Perestroika. Em seguida, comecei a cobrir moda e passei a ter um contato mais próximo com o varejo. Nessa época, surgiu a oportunidade de abrir uma loja-conceito da Capezio. Conhecia a marca desde pequena e não pensei duas vezes.

O que chama mais sua atenção nas peças da Capezio?
O mood ballet. A elegância. A feminilidade. Um collant Capezio jamais será decotado na frente ou cavado no “popô”. Foi feito para a bailarina ficar à vontade, livre para seus grands jetés. Até na linha fitness, essa tradição se mantém. As leggings são desenhadas com o cós alto. Os tops são quase croppeds. Peças feitas na medida e que deixam a mulher confortável.

Como você enxerga a nova coleção? O que há de novo?
É uma continuação da anterior. Não deixa de ter uma inspiração oitentista. O famoso cirrê, a lycra trilobal, está presente. Esses tecidos marcaram uma geração. Temos também calças boca de sino feitas para malhar e tops mais elaborados, ótimos para serem usados fora da sala de aula. A novidade fica por conta das leggings feitas com um couro tecnológico que “cola” na perna e faz um efeito delineador. No conjunto, é uma coleção sóbria como a anterior, sem muitas estampas. Tons neutros e costuras marcadas resumem bem o que as clientes vão ver nas araras.

Vinicius Santa Rosa/Metrópoles

Quais são os principais diferenciais em relação a outras marcas existentes no mercado?
A Capezio é uma das marcas mais famosas no mundo. É a “Nike da dança”. Só no Brasil, são 40 anos de história. A fábrica fica em Oswaldo Cruz, interior de São Paulo. Começou fabricando sapatilhas de dança, e hoje são mais de 700 artigos celebrando a linha Luxo, com collants mais elaborados para sair à noite. Temos também a linha Professional, para quem vive da atividade, e a linha Fitness. Quando me perguntam qual o diferencial, eu não hesito em responder: é uma love brand. Quem já dançou, certamente, já teve uma sapatilha ou um collant Capezio. Uma conexão emocional é estabelecida. As pessoas entram na loja e se lembram de quando faziam aula de ballet. A roupa e o tecido são detalhes. A grife investe na arte, na emoção da dança. Isso define a Capezio.

Como foi trazer a marca para Brasília? Houve dificuldades?
Dificuldades sempre existem. Começa pela escolha do ponto e, depois, as questões burocráticas de imposto que só quem tem comércio em Brasília sabe. Mas, ao mesmo tempo, as vantagens foram superiores. É uma cidade onde o lifestyle das pessoas está ligado ao fitness, ao esporte, ao bem-estar. A roupa de ginástica virou o dress code da mulher moderna. Os anos de trabalho como jornalista me trouxeram um olhar apurado sobre esse comportamento.

Quais são seus sonhos profissionais para o futuro?
Tenho planos de montar um e-commerce. A plataforma digital para vestuário é algo que cresce a cada dia. Na Capezio Conceito, a loja física, a cliente tem a oportunidade de conversar um pouco sobre ballet, espetáculos, e experimentar os collants, que mudam de modelagem de acordo com a peça. No entanto, isso está mudando. A vida está ficando muito corrida. As pessoas não têm tempo. Querem praticidade, resolver tudo num click. Ganha quem acompanha a tecnologia, e a mulher brasiliense é muito conectada!

Veja quem passou por lá:

Vinicius Santa Rosa/Metrópoles

Mayra Perin, Raquel Jones e Ilca Maria Estevão

 

Vinicius Santa Rosa/Metrópoles

Claudia Salomão

 

Vinicius Santa Rosa/Metrópoles

Duda Portella Amorim

 

Vinicius Santa Rosa/Metrópoles

Ana Luiza Favato

 

Vinicius Santa Rosa/Metrópoles

Mayra Perin

 

Vinicius Santa Rosa/Metrópoles

Raquel Plentz

 

Vinicius Santa Rosa/Metrópoles

Paty Lyrio

 

Vinicius Santa Rosa/Metrópoles

Magnólia Mendes, Raquel Jones, Tati Lacerda e Raquel Plentz

Ilca Maria Estevão, Mayra Perin e Duda Portella Amorim

 

Confira as novidades da nova linha Capezio Fitness, estrelada pela digital influencer Thais Figueiredo (@thais_health).

Até a próxima!

 

Para mais informações:

Capezio Conceito
Endereço: SHIS QI 11, Bloco G, Loja 05 – Lago Sul
Telefones: (61) 3256-1328 e (61) 99942-5072



FitnessBaléballetRaquel JonesCapezio
 


COMENTE

Ler mais do blog