O Rei Leão: Beyoncé veste look de marca brasileira em novo clipe

A grife Maison Alexandrine produziu um body sob medida para o vídeo da música Spirit, que está na trilha sonora do filme da Disney

DivulgaçãoDivulgação

atualizado 18/07/2019 14:35

O live-action de O Rei Leão, que estreia no Brasil nesta quinta-feira (18/07/2019), é um dos assuntos mais comentados do momento. A cantora Beyoncé dá voz à leoa Nala e é produtora e curadora da coletânea The Lion King: The Gift, com canções inspiradas no filme.

Uma delas é Spirit, que ganhou um videoclipe emocionante lançado na noite de terça-feira (16/07/2019). Na produção, a artista usa vários looks, incluindo um da marca brasileira Maison Alexandrine, da empresária Alexandra Fructuoso.

Vem comigo!

O body foi usado com exclusividade e tem uma capa com bordados de 18 mil pérolas e detalhes como canutilhos e cristais. Outros detalhes do visual, como o harness com conchas e correntes, são colaboração entre os designers Alex Navarro e Laurel DeWitt. O acessório de cabeça, chamado LAGBADJA, é de La Falaise Dion.

Quem assina o styling da diva no clipe é Zerina Akers, conhecida por produzir o estilo de Queen B.

Feito sob medida e encomendado no início deste ano, o body pesa 3,4 kg e passou pelas mãos de nove pessoas. O bordado levou 160 horas para ficar pronto. No ateliê da label, em São Paulo, o item pode ser solicitado por R$ 13 mil.

Reprodução/Instagram/@laureldewitt
Beyoncé usou este body, da marca brasileira Maison Alexandrine, no novo clipe para o filme O Rei Leão

 

Reprodução/Instagram/@maisonalexandrine
Segundo a Maison Alexandrine, a encomenda foi feita pela stylist de Beyoncé, Zerina Akers

 

Reprodução/Instagram/@alexnavarrodesigns
No Instagram, os designers Alex Navarro e Laurel DeWitt disseram que colaboraram com harness e detalhes de conchas

 

Reprodução/Instagram/@maisonalexandrine
A cena é bem rápida, mas isso não tira o brilho do visual

 

Reprodução/Instagram/@alexnavarrodesigns
Detalhes do look

 

Reprodução/YouTube
Imagem da cena em que Beyoncé usa look da marca brasileira Maison Alexandrine

 

Ao longo dos 4’30” de duração do vídeo, que inclui imagens do filme, Bey usou 10 looks. Um deles é um vestido de alta-costura lilás e vermelho da Valentino, da coleção primavera/verão 2019. Em uma das cenas, a cantora aparece ao lado da filha Blue Ivy Carter. São vários cenários, com belas paisagens, visuais coloridos e danças coreografadas.

Reprodução/YouTube
Beyoncé com dançarinas e a filha Blue Ivy Carter. O vestido da cantora é da maison Valentino

 

Reprodução/YouTube
Beyoncé usa look by Maison Alexandrine

 

Reprodução/YouTube
Conjunto estampado da marca Tongoro Studio. A padronagem da marca senegalesa se chama Bamako

 

Reprodução/YouTube
Vestido verde-limão by Norma Kamali

 

Reprodução/YouTube
Look by Déviant La Vie

 

Reprodução/YouTube
Vestido rosa da estilista israelense Sharar Avnet

 

Reprodução/YouTube
Vestido plissado vermelho

 

Reprodução/YouTube
Casaco com franjas da marca Hyun Mi Nielsen

 

Reprodução/YouTube
Look azul com franjas de Laurel DeWitt

 

Dois looks – um da marca Mark Fast e um blazer amarelo com saia de tule – supostamente estariam no vídeo, mas não apareceram na versão divulgada na terça-feira (16/07/2019).

 

O álbum The Lion King: The Gift chega às plataformas digitais nesta sexta-feira (19/07/2019), um dia após o lançamento do filme. O registro tem 14 faixas e participações de artistas como Childish Gambino (voz do protagonista Simba), Jay Z e Kendrick Lamar. A trilha sonora do longa, divulgada no dia 11 deste mês, também inclui a canção Spirit.

Reprodução/YouTube
Beyoncé é a voz da leoa Nala no remake de O Rei Leão. A cantora também interpreta canções da trilha sonora original do filme e na coletânea The Lion King: The Gift, com faixas inspiradas no longa metragem

A cantora norte-americana usou marcas brasileiras em outros momentos, como uma bolsa de palha da Nannacay, outra da WaiWai e um macacão da Gig Couture no clipe de Sorry.

Maison Alexandrine

A etiqueta foi criada no Brasil em 2014, sob comando da CEO e diretora criativa Alexandra Fructuoso, portuguesa radicada no país. O nome Alexandrine é inspirado na única filha de Madame Pompadour. A grife tem ateliê em São Paulo, com profissionais especializados em costura e bordado sob medida. O trabalho handmade é o grande destaque em seus vestidos de festa.

No site oficial e nas redes sociais, é descrita como “a primeira maison de mecenato de luxo no Brasil”. A marca também oferece acessórios, moda praia, íntima e vestuário prêt-à-porter. Kim Kardashian, Miley Cyrus e Saoirse Ronan são algumas celebridades internacionais que já usaram Maison Alexandrine. No Brasil, Ivete Sangalo, Anitta, Pabllo Vittar e Sabrina Sato já circularam com peças da empresa.

Colaborou Hebert Madeira

SOBRE O AUTOR
Ilca Maria Estevão

Bacharel em psicologia pela Universidade Georgetown, em Washington D.C. (EUA). É apaixonada por moda e acompanha toda movimentação no universo fashion.

Últimas notícias