Estilo de Grace Kelly é tema de nova exposição da Dior

Mais de 85 vestidos da princesa de Mônaco serão exibidos no Museu Christian Dior até novembro deste ano

Bud Fraker/John Kobal Foundation/Getty ImagesBud Fraker/John Kobal Foundation/Getty Images

atualizado 16/04/2019 11:09

A exposição sobre a Dior está fazendo o maior sucesso em Londres, mas a casa de moda francesa já tem outra a caminho. Desta vez, sobre o estilo de Grace Kelly e a relação da marca com a estrela de Hollywood e princesa de Mônaco. Com mais de 85 vestidos, a mostra abrirá as portas no dia 27 deste mês, no Museu Christian Dior, em Granville, na França.

Vem comigo!

Grande parte do acervo vem da coleção pessoal da ex-atriz, preservada no palácio de Mônaco desde o acidente de carro que tirou sua vida, em 1982. Um terço dos looks é da Dior, conforme apurou a curadora da exibição, a historiadora de moda Florence Müller, quando teve acesso aos arquivos do local.

Além de mostrar a relevância da Dior em meados dos anos 1950 e 1960, esse detalhe enfatiza a proximidade entre Grace Kelly e o terceiro diretor criativo da casa, Marc Bohan – sucessor de Yves Saint Laurent e do próprio Christian Dior. Bohan chegou a ser considerado tio de duas de suas filhas, Stephanie e Caroline.

Sunset Boulevard/Corbis via Getty Images
A ex-atriz norte-americana ficou conhecida como uma das musas do diretor Alfred Hitchcock

 

Sunset Boulevard/Corbis via Getty Images
Grace Kelly ficou famosa por seus filmes na década de 1950

 

Bettmann/Getty Images
A musa de Hollywood construiu uma relação com a Dior

 

Michael Ochs Archives/Getty Images
Segundo a curadora da nova exposição da marca, um terço do seu arquivo de looks é da Christian Dior

 

Em seu baile de noivado com o príncipe Rainier III, em Nova York, ela usou um vestido da etiqueta. Já no primeiro retrato oficial como princesa, elegeu um look da coleção de alta-costura outono/inverno 1956.

Para Florence Müller, Grace representa um momento de ruptura, quando as princesas passaram a ser fotografadas e fazer mais aparições públicas.

A mostra inclui ainda roupas e itens do dia a dia da princesa, como ternos de tweed, cartas e acessórios, além de mergulhar em sua jornada até se tornar realeza.

Bettmann/Getty Images
Vestido by Christian Dior no baile de noivado da ex-atriz com o príncipe Rainier III, em janeiro de 1956

 

The Print Collector/Print Collector/Getty Images
Ao se casar com o príncipe Rainier III, Grace Kelly se tornou princesa de Mônaco e abandonou a carreira de atriz

 

 Bettmann/Getty Images
Nesta foto, Grace Kelly e a filha Caroline usam vestidos Dior, posando ao lado do príncipe Rainier III

 

REPORTERS ASSOCIES/Gamma-Rapho via Getty Images
Grace Kelly e Marc Bohan, então diretor criativo da Dior, na inauguração da loja Baby Dior, em Paris, no ano de 1967

 

adoc-photos/Corbis via Getty Images
Marc Bohan com as crianças de Grace Kelly

 

Nascida em 1929, a ex-atriz norte-americana ficou conhecida por seus papéis em filmes do diretor Alfred Hitchcock, como Ladrão de Casaca (1955), Disque M para Matar (1954) e Janela Indiscreta (1954).

Lembrada como uma das principais estrelas de Hollywood, Grace deixou a carreira ao se casar com Rainier III, em 1956. Seu último filme foi Alta Sociedade, que estreou naquele mesmo ano.

A exposição ficará aberta no Museu Christian Dior até 17 de novembro, poucos dias depois do que seria o aniversário de 90 anos de Grace Kelly (12/11/2019). O museu fica na antiga casa da família Dior, onde o estilista cresceu.

Bud Fraker/John Kobal Foundation/Getty Images
Vestido acinturado com saia armada

 

 Mark Sullivan/WireImage via Getty Images
Foto de um leilão na Califórnia, em 2012, com look Dior usado por Grace Kelly

 

Para outras dicas e novidades sobre o mundo da moda, não deixe de visitar o meu Instagram. Até a próxima!

Colaborou Hebert Madeira

SOBRE O AUTOR
Ilca Maria Estevão

Bacharel em psicologia pela Universidade Georgetown, em Washington D.C. (EUA). É apaixonada por moda e acompanha toda movimentação no universo fashion.

Últimas notícias