Dia dos Pais: ao escolher o presente, aposte na sustentabilidade

Peças adquiridas em brechós e lojas com iniciativas socioambientais são uma ótima oportunidade de agradar sem prejudicar o meio ambiente

Vinícius Santa Rosa/MetrópolesVinícius Santa Rosa/Metrópoles

atualizado 09/08/2019 12:57

O Dia dos Pais já é neste domingo (11/08/2019), mas muita gente ainda não garantiu um presente para a data. Segundo a consultoria Iemi, que realiza pesquisas de intenções de compra, mais de 80% dos brasileiros devem optar por dar roupas na hora de homenagear os patriarcas. No entanto, tal gesto conflita diretamente com a onda de consumo consciente que o mundo da moda vive, pois milhares de novas peças entrarão em circulação e, depois, acabarão despejadas na natureza. Que tal investir em uma opção mais sustentável?

Vem comigo saber como!

Elencada entre as mais poluentes do planeta, a indústria da moda, aos poucos, busca sua redenção perante o meio ambiente. Contudo, para que a mudança realmente aconteça, os consumidores também precisam reavaliar seu comportamento na hora de irem às compras. Neste cenário, os brechós, antes vistos com maus olhos por muitas pessoas, passaram a ser uma opção sustentável para quem quer dar aquela repaginada no visual.

Atenta a essa movimentação, Gabriella Constantino investiu, há quatro anos, na Prettynew, uma loja voltada ao consumo de peças de segunda mão. Em seu acervo, cheio de peças grifadas, a empresária conseguiu criar um mix de dar inveja a qualquer multimarcas. Agora ela apresenta sua linha Men, para que o público masculino também colabore com o planeta.

O compilado estruturado por Gabriella agrega roupas, sapatos, acessórios e relógios para todos os estilos e gostos, como você pode conferir nesta lista de produtos que selecionei para o Dia dos Pais.

Confira:

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Este mocassim Louis Vuitton fica ótimo com bermudas e calças com barras dobradas

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Por ser preta, esta mochila da Gucci pode ser usada em qualquer produção

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Carteiras também estão disponíveis a preços mais acessíveis. Este modelo Gucci, por exemplo, sai por R$ 790

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Este sapato Armani pode ser usado com jeans ou em looks despretensiosos

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Modelo aviador Ferragamo cabe em qualquer estilo

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Sapatênis Tom Ford, excelente para substituir sapatos em visuais sociais

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Óculos Persol e relógio Louis Vuitton para os papais mais modernos

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Este Saint Laurent tem mood muito atual e pode ser a chance de modernizar o guarda-roupas do seu velho

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Bolsa curinga da Gucci é ótima para viagens

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Gravata Gucci em formato mais largo casa bem com estilos mais clássicos

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Este modelo mais slim da Prada já se enquadra melhor em pais mais fashionistas

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Abotoadura da Cartier promete agradar a qualquer patriarca

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Mocassim da Gucci com as tradicionais listras da grife

 

Há quem ache que produtos de segunda mão não são adequados para presentear, mas Gabriella afirma que esse ponto de vista é ultrapassado. “Eu sempre presenteio meus pais com produtos secondhand. Eles não têm preconceito nenhum e acho que ninguém deveria ter. Pelo menos na Prettynew, a maioria das peças são praticamente novas e, muitas vezes, nunca usadas. Não tem por que você não presentear uma pessoa com algo lindo com preço ótimo só porque já foi usado uma ou duas vezes”, defende.

Segundo ela, embora a linha masculina tenha chegado na loja recentemente, os homens já correspondem a uma boa parte de sua clientela. “Eles representam 20% de nosso público e vemos que esse interesse vem aumentando cada vez mais. Eu atendo desde adolescentes a advogados que vêm em busca de uma gravata Hermès a um preço mais em conta. Sem falar na clientela do e-commerce, que é ainda mais variada. Recebemos demandas de todo o Brasil”, afirma ela.

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Gabriella Constantino sempre presenteia seus familiares com produtos secondhand

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
De acordo com ela, o número de homens que frequentam sua loja cresce a cada dia

 

Junto ao lançamento oficial de sua linha masculina, que aconteceu na última quarta-feira (07/08/2019), a Prettynew abriu seu showroom, localizado na QL 10 do Lago Sul, à marca brasiliense Dobe. No projeto, Pedro Machado, dono da marca, e Paulo Augusto Albuquerque, diretor criativo, unem design minimalista e práticas socioambientais, reforçando a importância de estimular o consumo consciente.

Além disso, a empresa ainda tem parcerias com outros projetos, como: o Pano Social, que emprega ex-detentos na produção de roupas, uniformes e acessórios desenvolvidos com matérias-primas ecológicas; e o ViraVida, do Sesi, que assiste adolescentes desfavorecidas.

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Dobe trabalha com design minimalista que agrada a qualquer gosto

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Produtos da marca são feitos com matérias-primas sustentáveis

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Por serem pretos e brancos, itens da etiqueta ficam bem em qualquer look

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Label tem parcerias com diversos projetos sociais da cidade

 

Se você não está preparada para ingressar no mercado secondhand de brechós como o Prettynew, escolha entre outras ótimas opções para presentear os pais com itens novos, mas sustentáveis. Muitas das peças da Dobe, por exemplo, são feitas com matérias-primas criadas por meio do reaproveitamento de fibras e tecidos.

 

Colaborou Danillo Costa

SOBRE O AUTOR
Ilca Maria Estevão

Bacharel em psicologia pela Universidade Georgetown, em Washington D.C. (EUA). É apaixonada por moda e acompanha toda movimentação no universo fashion.

Últimas notícias