Troca de comando no DF Legal. Sai Georgeano, entra Gutemberg

Decreto assinado pelo governador interino, Paco Britto, determinou a exoneração, a pedido, de Georgeano Fernandes, do DF Legal, ex-Agefis

atualizado 10/12/2019 21:19

Georgeano Trigueiro Fernandes deixou o comando do DF Legal, ex-Agefis.

O órgão é responsável por verificar a legalidade de construções e ocupações na capital federal.

A exoneração, a pedido, foi objeto de decreto assinado pelo governador em exercício, Paco Britto.

No lugar de Georgeano, assume Gutemberg Tosatte (foto abaixo).

Auditor fiscal de obras, Gutemberg Tosatte é servidor de carreira do DF Legal.

Tosatte tem ligação com o distrital João Cardoso (Avante), de quem era assessor na Câmara Legislativa. O partido é o mesmo de Paco Britto.

“Saí por questões pessoais. Agradeço a oportunidade e a confiança do governador em meu trabalho e sigo como auditor de carreira que sou nos quadros do DF Legal”, disse Georgeano à coluna.

Imagem cedida ao Metrópoles
Gutemberg Tosatte é servidor de carreira do DF Legal

SOBRE OS AUTORES
Lilian Tahan

Dirige desde setembro de 2015 o site de notícias Metrópoles. É formada em comunicação social pela Universidade de Brasília (UnB), com especialização em jornalismo digital e gestão de empresa de comunicação pela ISE Business School, instituição vinculada à Universidade de Navarra, na Espanha. Antes do Metrópoles, trabalhou por 12 anos no Correio Braziliense e dois anos na revista Veja Brasília. Ao longo da carreira, conquistou prestigiados prêmios de jornalismo, como Esso, Embratel, CNT, CNI, AMB, MPT, Engenho.

Isadora Teixeira

Formada pelo Centro Universitário Iesb, atua como repórter do Metrópoles desde 2017. Na editoria de Cidades, cobre assuntos políticos relacionados ao Distrito Federal

Últimas notícias