OAB-DF escolhe 12 nomes de advogados à vaga de desembargador do TJDFT

Processo de análise começou na manhã desta sexta-feira (02/08/2019). Candidatos fazem exposição oral e lista de aprovados sai ainda hoje

Igo Estrela/MetrópolesIgo Estrela/Metrópoles

atualizado 02/08/2019 13:37

Começou, na manhã desta sexta-feira (02/08/2019), o processo de escolha da lista de 12 nomes de advogados que disputam uma vaga de desembargador do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), referente ao Quinto Constitucional.

Ao todo, 34 candidaturas foram homologadas. Mas houve uma desistência e dois advogados acabaram desabilitados por ausência na sessão de hoje, conforme regra regimental. Todos os concorrentes estão fazendo exposição oral ao Conselho Pleno da OAB-DF. A previsão é de que a escolha termine ao final do dia.

A lista com 12 nomes será submetida a uma consulta da classe, que vai peneirar seis finalistas. Atualmente, cerca de 44 mil advogados e advogadas estão em atividade, segundo informações da OAB-DF. Poderão votar aqueles que estiverem em dia junto à seccional.

Os nomes dos pré-selecionados serão entregues ao tribunal. O TJDFT, por sua vez, escolherá três dos indicados que passarão ao crivo, em última instância, do presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL).

O escolhido vai assumir a vaga destinada à advocacia deixada por Flavio Renato Jaquet Rostirola, falecido em 15 de março deste ano, após 18 anos na Corte.

SOBRE OS AUTORES
Lilian Tahan

Dirige desde setembro de 2015 o site de notícias Metrópoles. É formada em comunicação social pela Universidade de Brasília (UnB), com especialização em jornalismo digital e gestão de empresa de comunicação pela ISE Business School, instituição vinculada à Universidade de Navarra, na Espanha. Antes do Metrópoles, trabalhou por 12 anos no Correio Braziliense e dois anos na revista Veja Brasília. Ao longo da carreira, conquistou prestigiados prêmios de jornalismo, como Esso, Embratel, CNT, CNI, AMB, MPT, Engenho.

Maria Eugênia

Formou em jornalismo pelo Centro Universitário de Brasília (UniCeub) em 1988. No Jornal de Brasília, chegou ao cargo de editora-chefe. Trabalhou também no Correio Braziliense, na Band News FM, e foi coordenadora-adjunta de Comunicação para a Copa do Mundo 2014, junto ao Governo do Distrito Federal (GDF).

Últimas notícias