Justiça manda GDF nomear enfermeira 5 anos depois de aprovação

Edna Dantas de Araújo perdeu o prazo para dar início ao processo de posse. Ela procurou a Justiça e alegou não ter sido convocada

Material cedido ao MetrópolesMaterial cedido ao Metrópoles

atualizado 06/12/2019 11:54

Imagina você se preparar para um concurso, passar, ser nomeado, mas perder o prazo de assumir o cargo? E ficar sabendo de tudo isso em um grupo de WhatsApp?

Aconteceu com Edna Araújo, 43 anos. Em 2014, ela foi aprovada para atuar como enfermeira da Secretaria de Saúde do Distrito Federal. Mas a nomeação só ocorreu quatro anos depois. Nesse intervalo, a candidata mudou de e-mail e de endereço, daí o governo não conseguiu comunicá-la sobre a nomeação.

Quando Edna soube da nomeação, por acaso em um grupo de colegas que acompanhava o processo seletivo, já era tarde. O prazo para a entrega de documentos havia passado.

A concurseira entrou com ação no TJDFT, ganhou em duas instâncias e, nessa quarta-feira (04/12/2019), foi nomeada.

“Estou cheia de sonhos, quero atuar de forma humanizada”, disse.

Segundo a advogada Maria Luisa Nunes de Cunha, que atuou no caso, a Justiça entendeu não ser “razoável, após mais de três anos, um candidato acompanhar as convocações do concurso apenas pelo Diário Oficial”.

Fica o alerta para os concurseiros.

Veja a nomeação, nessa quarta-feira (04/12/2019), após decisões da Justiça:

Reprodução/DODF

SOBRE OS AUTORES
Lilian Tahan

Dirige desde setembro de 2015 o site de notícias Metrópoles. É formada em comunicação social pela Universidade de Brasília (UnB), com especialização em jornalismo digital e gestão de empresa de comunicação pela ISE Business School, instituição vinculada à Universidade de Navarra, na Espanha. Antes do Metrópoles, trabalhou por 12 anos no Correio Braziliense e dois anos na revista Veja Brasília. Ao longo da carreira, conquistou prestigiados prêmios de jornalismo, como Esso, Embratel, CNT, CNI, AMB, MPT, Engenho.

Isadora Teixeira

Formada pelo Centro Universitário Iesb, atua como repórter do Metrópoles desde 2017. Na editoria de Cidades, cobre assuntos políticos relacionados ao Distrito Federal

Últimas notícias