Internet rápida: 5G chega a Brasília e inicia fase de testes

Parque Tecnológico de Brasília será o primeiro espaço de teste permanente da quinta geração da internet no país

Giovanna Bembom/MetrópolesGiovanna Bembom/Metrópoles

atualizado 24/06/2019 12:51

A capital do país terá internet com velocidade mais rápida. A Biotic S/A, a empresa Huawei e o GDF assinam acordo esta semana para iniciar a fase de testes do primeiro espaço permanente do 5G no Brasil, no Parque Tecnológico de Brasília.

Diferentemente da tecnologia 4G, o 5G viabiliza a conexão simultânea de aparelhos. Além de maior velocidade para navegar na internet, o usuário poderá conectar até mil objetos, como casas, carros e eletrodomésticos, via internet em seu celular. A rede também pode consumir até 90% menos de energia.

“Estamos fazendo uma aposta na melhoria da internet em Brasília. Tudo que for tecnologia de ponta nós vamos apoiar”, disse o governador Ibaneis Rocha (MDB).

O acordo envolve a Biotic S/A, que tem como objetivo promover mudanças na estrutura econômica do Distrito Federal por meio da implantação e gestão do Parque Tecnológico de Brasília, em parceria com a empresa chinesa Huawei, maior produtora de smartphones do mundo e fornecedora de soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

Nesta fase de testes, o acesso estará restrito ao espaço do Biotic, próximo à Granja do Torto, e só será expandido para toda a população quando a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) fizer o leilão do 5G no Brasil. Isso deve ocorrer entre o segundo semestre de 2020 e o primeiro de 2021.

Após o início da fase de testes, ocorrerão periodicamente seminários, palestras e eventos, abertos à comunidade e a escolas de Brasília, por meio dos quais serão disponibilizados equipamentos já adaptados para o 5G. Dessa forma, os participantes podem ter uma experiência real de como será navegar na quinta geração de internet móvel.

“Essa tecnologia é inovadora e abre o debate e a discussão no mundo inteiro, porque ela promete revolucionar a navegação na internet. Uma experiência de grande importância para o DF, que investe muito no tema tecnológico e digital. Esse acordo com a Huawei é uma sinalização clara de que queremos participar do que existe de mais inovador no mundo”, destacou o presidente da Biotic S/A, Gustavo Dias Henrique.

O secretário de Projetos Especiais do DF, Everardo Gueiros, frisa que o Executivo local pretende transformar Brasília “em um berço da tecnologia e do desenvolvimento nessas áreas”. Em uma das frentes, quer incentivar cada vez mais a criação de startups. “Acreditamos que a vinda do 5G dará impulso a esses empreendimentos no Distrito Federal”, ressaltou.

A assinatura do acordo ocorrerá nesta quarta-feira (26/06/2019), às 11h, no Palácio do Buriti, e contará com a presença do governador Ibaneis Rocha. Na ocasião, haverá um talk da Huawei sobre o que é 5G e como essa tecnologia pode contribuir para uma “capital do futuro”.

SOBRE OS AUTORES
Lilian Tahan

Dirige desde setembro de 2015 o site de notícias Metrópoles. É formada em comunicação social pela Universidade de Brasília (UnB), com especialização em jornalismo digital e gestão de empresa de comunicação pela ISE Business School, instituição vinculada à Universidade de Navarra, na Espanha. Antes do Metrópoles, trabalhou por 12 anos no Correio Braziliense e dois anos na revista Veja Brasília. Ao longo da carreira, conquistou prestigiados prêmios de jornalismo, como Esso, Embratel, CNT, CNI, AMB, MPT, Engenho.

Nathália Cardim

Atua como repórter de Cidades no Metrópoles, formada em jornalismo pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), em 2010. Já passou pela redação dos jornais Correio Braziliense e Aqui DF, integrando a equipe da editoria de Cidades. Em 2013, foi assessora de imprensa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) no Distrito Federal. Foi repórter e coordenadora de redação da Revista Foco. Faz pós-graduação em Jornalismo Contemporâneo.

Últimas notícias