*
 
 

Mesmo enfraquecido, o Partido dos Trabalhadores (PT) não pretende abrir mão ter um candidato na disputa ao Palácio do Buriti. Após a negativa da deputada federal Érika Kokay, um dos nomes mais cotado para liderar a chapa é o do economista Júlio Miragaya.

Ele presidiu a Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) durante a gestão de Agnelo Queiroz.

O objetivo da candidatura é marcar posição e abrir espaço para a defesa de Lula nos palanques brasilienses.

As expectativas petistas para Brasília são modestas: reeleger Érika Kokay e manter três cadeiras na Câmara Legislativa.

 



ptgovernadoreleições 2018Partido dos TrabalhadoresJúlio Miragaya
 


COMENTE

Ler mais do blog