Delegado Robson Cândido será o diretor da Polícia Civil do DF

A escolha foi feita por Ibaneis Rocha um dia após a votação da lista tríplice pelos delegados

Mirelle Pinheiro/MetrópolesMirelle Pinheiro/Metrópoles

atualizado 01/11/2018 13:49

O delegado Robson Cândido será o futuro diretor da Polícia Civil do Distrito Federal. Após a votação da lista tríplice na noite dessa quarta-feira (31/10), o policial teve o nome escolhido pelo governador eleito Ibaneis Rocha (MDB). Ele foi o mais votado na consulta feita com os delegados.

Sempre atuou nas delegacias circunscricionais. Tem 28 anos de atividade policial, sendo oito deles em Goiás. Foi delegado plantonista em 10 cidades do DF, cartorário e adjunto. Atualmente, chefia a 11ª DP, no Núcleo Bandeirante.

Integrante da diretoria do Sindicato dos Delegados da PCDF (Sindepo), fez forte oposição à reeleição de Rodrigo Rollemberg (PSB). Robson concorreu com Benito Tiezzi (também do sindicato) e Gilberto Maranhão (SSP). Teve 265 votos.

Depois do cargo de governador, o chefe da corporação é considerado um dos mais poderosos na estrutura do governo. Passa pelo diretor-geral toda a sorte de informações estratégicas. Robson vai assumir a direção no primeiro dia do ano de 2019 no lugar de Eric Seba.

O governador eleito se antecipou à votação do Sindicato dos Policiais Civis do DF (Sinpol), marcada para 8 de novembro e que iria escolher outra lista tríplice.

 

SOBRE O AUTOR
Lilian Tahan

Dirige desde setembro de 2015 o site de notícias Metrópoles. É formada em comunicação social pela Universidade de Brasília (UnB), com especialização em jornalismo digital e gestão de empresa de comunicação pela ISE Business School, instituição vinculada à Universidade de Navarra, na Espanha. Antes do Metrópoles, trabalhou por 12 anos no Correio Braziliense e dois anos na revista Veja Brasília. Ao longo da carreira, conquistou prestigiados prêmios de jornalismo, como Esso, Embratel, CNT, CNI, AMB, MPT, Engenho.

Últimas notícias