Coronavírus: taxa de ocupação dos leitos no DF varia entre 30% e 35%

A disponibilidade de espaços tem impacto na taxa de letalidade. No Distrito Federal, o índice é de 1,75%, o mais baixo do país

atualizado 20/05/2020 22:35

A taxa de ocupação dos leitos reservados para pacientes com o novo coronavírus varia entre 30% e 35%, de acordo com relatório do Governo do Distrito Federal (GDF).

A disponibilidade de espaços para o tratamento de pessoas acometidas pela Covid-19 impacta a taxa de letalidade, que leva em consideração o número de mortes diante da quantidade de infectados pelo novo vírus.

No Distrito Federal o índice é de 1,75%, o mais baixo de todas as unidades da Federação. A média do país é de 7%.

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde, 320 pessoas estão internadas em unidades hospitalares do DF em decorrência da Covid-19, sendo que 142 precisam do suporte de unidades de terapia intensiva (UTIs).

No DF, 5.271 casos do novo coronavírus foram confirmados, 2.955 infectados se recuperaram da doença e 73 pessoas morreram. Quando contabilizadas as mortes de moradores do Entorno na capital do país, a quantidade vai a 78.

0
Últimas notícias