Coronavírus: maioria dos pacientes em UTIs no DF tem menos de 60 anos

A faixa etária com o maior número de pessoas em estado grave que necessitam de supor intensivo é de 40 e 49 anos, são 14 pacientes

atualizado 07/05/2020 22:11

A maioria dos pacientes internados em unidades de Terapia Intensiva (UTIs) no Distrito Federal em decorrência de complicações provocadas pelo novo coronavírus tem menos de 60 anos.

De acordo com levantamento da Secretaria de Saúde do DF, divulgado na noite desta quinta-feira (07/05), 26 dos 60 infectados que precisam do suporte de UTIs possuem mais de 60 anos.

A faixa etária com o maior número de pessoas em estado grave que necessitam de internação em unidades especiais é entre 40 e 49 anos, são 14 pacientes. Outros 11 infectados têm entre 50 e 59 anos.

Oito leitos de terapia intensiva estão sendo utilizados por pessoas com mais 80 anos e nove por pacientes com menos de 40.

Confira:

0

 

Atualmente, há 172 leitos de UTIs nos hospitais da rede pública.

O governador Ibaneis Rocha (MDB) informou que o DF terá 800 leitos até junho. A previsão é de que a ocupação deva girar em torno de 30% a 35%.

 

Últimas notícias