CEO da Neoenergia, nova dona da CEB: “Desafio de proporcionar energia a custo razoável”

A Bahia Geração de Energia, da Neoenergia, comprou a estatal do Distrito Federal, com lance de R$ 2,515 bilhões

atualizado 04/12/2020 11:22

CEO da Neoenergia Mario Ruiz-Tagle Divulgação/Neoenergia

O CEO da Neoenergia, Mário Ruiz-Tagle, disse que o desafio da empresa, nova dona da CEB Distribuição, é proporcionar energia suficiente com custo razoável. A Bahia Geração de Energia, da Neoenergia, venceu o leilão de venda da estatal do DF, com lance de R$ 2,515 bilhões.

Questionado se vai haver aumento de tarifa, o empresário afirmou que o preço é regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em um processo técnico. “Nosso trabalho será investir para melhorar a qualidade, investir de maneira eficiente para que os investimentos sejam adequadamente repassados na tarifa”, explicou.

Ruiz-Tagle destacou que a CEB-D teve queda de investimento nos últimos anos, mas apostou que a situação será revertida. “A capacidade de execução de investimento da Neonergia você pode ver na Coelba, na Celpe, na Cosern e na Elektro. É histórico o investimento em valor expressivo, em torno de R$ 3,5 bilhões por ano, tanto em expansão como na melhora e na eficiência da rede. Pode ficar tranquilo, porque nós sabemos o que temos de fazer em Brasília. Conhecemos perfeitamente bem a companhia, estudamos muito; por isso, a gente conseguiu dar um preço dessa característica”, pontuou.

A Neoenergia trabalha com geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia. Segundo o grupo, a companhia tem 14 milhões de clientes e está presente em 18 estados.

Os recursos necessários para a aquisição da CEB Distribuição, ao custo de R$ 2,5 bilhões, serão levantados no mercado financeiro, segundo o executivo.

0

 

 

Últimas notícias