*
 
 

O Banco de Brasília (BRB) pretende contratar até o ano que vem pelo menos 740 novos funcionários aprovados em concursos públicos. Dois certames já foram lançados e um terceiro deve ser anunciado nos próximos dias, destinado à contratação de advogado, com salário de R$ 19.900.

“São 113 vagas imediatas que se somarão a outros 627 aprovados no cadastro de reserva, totalizando ao menos 740 oportunidades. Nossa expectativa é que possamos ter boa parte dessas pessoas trabalhando no BRB até 2020”, afirmou à Grande Angular Paulo Henrique Costa, presidente do banco.

O novo edital, para contratação de um advogado, será lançado em breve, afirmou Costa.

No último dia 3, a instituição financeira publicou edital para o cargo de escriturário. São 100 vagas de nível médio. Os aprovados vão cumprir jornada de seis horas diárias e ganhar, inicialmente, R$ 3.204,26.

Logo depois, no dia 7, novo edital para nível superior foi divulgado pelo BRB, com 12 vagas destinadas aos postos de analista de tecnologia da informação, engenheiro de segurança do trabalho e médico do trabalho.

Além da reposição dos quadros do banco, o presidente da instituição afirmou que pretende selecionar pessoas qualificadas que irão colaborar com a modernização do BRB. “Revimos o perfil do concurso para buscar pessoas mais antenadas à tecnologia e ao sistema financeiro”, explicou.

O Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades) é responsável pelos dois certames. O concurso para nível médio contará com provas objetiva e discursiva, realizadas no dia 18 de agosto. A inscrição poderá ser feita na página do Iades a partir do dia 9 de junho. O prazo se encerra às 22h de 15 de julho. A taxa de inscrição custa R$ 56, podendo ser paga até 16 de julho. A prova terá duração de quatro horas. Na objetiva, serão 60 questões de múltipla escolha.

Já no processo seletivo para nível superior, a remuneração varia de R$ 7.960,22 a R$ 11.041,46. Serão duas provas no dia 25 de agosto: uma objetiva e a outra discursiva, ambas de caráter classificatório e eliminatório. A banca cobrará questões de conhecimentos gerais, língua portuguesa, raciocínio lógico e matemática, governança corporativa e compliance, inovação, Lei Orgânica e Regime Jurídico dos Servidores do DF, conhecimentos sobre o DF e sobre a Ride, além de conhecimentos específicos.

O valor da taxa de inscrição é R$ 63, que deve ser paga até 16 de julho. Candidatos aprovados no concurso serão convocados para realização dos procedimentos pré-admissionais e exames médicos admissionais, observada a necessidade de provimento e ordem de classificação.



 


concursoBRBPaulo henrique costa