Quatro sinais de que seu cachorro pode estar com demência

Identificar os sintomas em cães é ainda mais difícil porque eles não podem falar o que estão sentindo

Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

atualizado 02/12/2019 18:53

A demência é uma condição que afeta pessoas idosas e que também pode afetar os cachorros de mais idade. Este problema de saúde prejudica a memória, a comunicação, a essência, o discernimento entre outros pontos.

Além dos sintomas serem sutis e aparecerem gradualmente, em relação aos cães é ainda mais difícil identificar, já que eles não conseguem nos dizer se está acontecendo algo diferente com eles.

Se o seu animalzinho está envelhecendo, além de ficar atento a mudanças de comportamento, rotina, aparência física ou apetite, é importante prestar atenção a alguns sinais que podem indicar demência, como:

1 – Desorientação
Nos humanos, a desorientação é um sinal muito comum de demência e os animais também podem apresentar isso. Se o cachorro parece se sentir perdido dentro de casa e não consegue encontrar a localização de coisas do seu dia a dia, como vasilha de água e comida, é importante olhar com cuidado.

Um cachorro com demência acaba entrando em espaços que, antes, sabia que não cabia, como atrás de algum móvel, e também podem ficar olhando fixamente para uma parede. Além disso, a desorientação pode acabar afetando o sono dos animais. Eles podem deixar de perceber que está na hora de dormir e reverter horários. A condição também pode fazer com que um cachorro que dormia de forma tranquila fique subitamente inquieto, ativo e instável durante a noite.

Leia a matéria completa no Portal do Dog

SOBRE O AUTOR
Últimas notícias