Pesquisa revela as principais diferenças entre donos de cães e gatos

Os tutores de gatos são mais neuróticos e estão mais propensos a ter ansiedade que os donos de cachorros

atualizado 30/08/2019 15:27

Dizem por aí que a melhor forma de conhecer uma pessoa é perguntando se ela prefere gato ou cachorro. A discussão sobre as diferenças na personalidade entre donos de cães e felinos sempre existiu e rendeu bons ‘memes’ e testes na internet. O debate foi tão longe que a Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de São Paulo (USP) realizou uma pesquisa que aponta as principais diferenças na personalidade e estilo de vida entre tutores de gatos e cachorros.

O estudo revelou que os donos de cães são, em sua grande maioria, casados (51%), tem em média 41 anos e 93% não moram sozinhos. Os fatos mais fofos da pesquisa: 44% dos tutores vêem seus cachorros como seus filhos, 24% adotaram seus cães e 64% dos entrevistados deixam os seus melhores amigos dormirem dentro de casa.

Já sobre os tutores de felinos, 45% dos entrevistados acreditam que os bichanos entendem melhor o humor deles e 61% dos donos de gatos são mulheres. A diferença de idade entre donos de gatos e cachorros é pouca. Os donos de gatos têm, em média, 40 anos e 62% vivem em casas.

Como a discussão causa polêmica, não paramos por aqui. Separamos as cinco principais diferenças e curiosidades entre os donos de gatos e cachorros, com base em uma lista feita pela Thought Catalog.

Confira!

1 – Tutores de cães tendem a ser mais conservadores que os donos dos felinos. A lista alega que ter um cachorro está ligado aos valores tradicionais. Polêmico, né?

2 – Donos de gatos e cachorros tendem a ter um senso de humor diferente. Geralmente, os tutores dos felinos apresentam um humor mais sofisticado e irônico, que caminha para o lado mais intelectual; enquanto os donos dos cães, por sua vez, gostam de rir de qualquer piada.

3 – Os amantes de cães são mais amigáveis e extrovertidos do que os amantes de gatos, que preferem ficar sozinhos.

4 – Donos de gatos acham seus ‘bichanos’ mais inteligentes que os cães!

5- Os tutores de gatos são mais neuróticos e estão mais propensos a ansiedade que os donos dos cachorros! Será que o bichinho tem influência nisso?

No fim das contas, sabemos que cada tutor, independentemente do animal que tem, é feliz e apaixonado por seu bichinho. Não é?

SOBRE O AUTOR
Zilá Motta

Graduanda em jornalismo no Centro Universitário Iesb, tem experiências como repórter e social media. Apaixonada pelo mundo pet, está atualmente como estagiária na coluna É o Bicho!

Últimas notícias