Guia das coleiras: qual é a ideal para o seu cachorro?

Os itens são sinônimo de cuidado e consciência, mas para cada tipo de animal há um modelo mais indicado

Reprodução/VitorFontesReprodução/VitorFontes

atualizado 22/01/2020 18:52

Quando o assunto é o bem-estar dos cães, é importante levar em consideração os tipos de coleira disponíveis no mercado. Afinal, a coleira precisa ter um formato que, além de ajudar na segurança, deixe o pescoço do cachorro confortável para que seu melhor amigo não se machuque.

Entretanto, alguns cuidados devem ser tomados para que o modelo certo de coleira seja comprado. Confira:

1 – Coleira retrátil

Esta é uma coleira que poderá fornecer ao seu cão uma maior sensação de liberdade. Ela foi feita justamente para manter a segurança e proporcionar mais espaço ao cachorro. Entretanto, alguns cuidados devem ser tomados quando for utilizada. Como ela permite que o cão ande muito afastado do tutor, devido a roldana retrátil do equipamento, é preciso tomar cuidado com os locais do passeio.

É recomendado que o item seja utilizado somente em locais com pouco movimento de carros, pois, caso a corda esteja longa demais, o cão pode se acidentar.

2 – Peitoral

Este é um modelo muito comum para cachorros menores. Ela garante conforto e segurança, fazendo com que dificilmente o cachorro se enforque. No entanto, este modelo pode ser resistente para cães desacostumados, pois a montagem é diferente e pode incomodar. Faça testes e experimente se o seu cachorro aceitará o uso.

3 – Enforcador

Este é um modelo muito utilizado, porém, é preciso tomar cuidado. O enforcador foi feito para auxiliar principalmente no treinamento de animais e controlá-los. No entanto, é uma coleira que pode provocar lesões e estrangulamentos, caso o cachorro fique sem supervisão. Todo cuidado é pouco.

Leia a matéria completa no Portal do Dog.

SOBRE O AUTOR
Últimas notícias