Falar com cão usando voz infantil estreita laço entre tutor e pet

Pesquisadores da Universidade de York, do Reino Unido, realizaram dois testes com seres humanos se relacionando com cachorros

Foto: Reprodução/Freepik

atualizado 11/02/2020 15:32

Você já conversou com o seu bichinho de estimação usando voz infantil? Caso não tenha feito, é provável que já tenha visto ou ouvido alguém agindo dessa forma. Ou seja, falando com o cachorro como se estivesse diante de um neném.

A boa notícia é que essa ação tem consequências positivas. A ciência já comprovou que o tom infantil serve para estreitar a relação entre pais e filhos e, agora, pesquisadores da Universidade de York, do Reino Unido, descobriram que traz vantagens também para o vínculo criado com os animais.

Afinal, os bichinhos também apoiam os seus familiares em momentos turbulentos, não é? Conforme artigo publicado na revista Animal Cognition, o tom de voz infantil, agudo e carinhoso melhora consideravelmente a interação das pessoas com os seus cães.

Para chegar a essa conclusão, os profissionais realizaram dois testes com seres humanos se relacionando com cães. O intuito foi desvendar se a fala com tom habitual ou voz de bebê causava qualquer impacto nos bichinhos.

Leia a matéria completa no Portal do Dog

Últimas notícias