Eles também são pets: 5 dicas importantes antes de comprar um peixe

Como qualquer outro animal, os peixes precisam de atenção e cuidados especiais

atualizado 06/09/2019 21:43

Ter um peixinho em casa é uma das primeiras opções para pessoas que não desejam muito trabalho, que possuem uma rotina agitada ou, ainda, aquelas que não querem gastar rios de dinheiro. Mas, como qualquer outro pet, os peixes precisam de atenção e cuidados especiais.

Do momento da filtragem da água até como cuidar da rotina desses pets, a coluna elencou cinco dicas importantes àqueles que desejam ter um peixe para chamar de seu.

Confira!

1 – Rotina

Mesmo sendo animais aquáticos e nada parecidos com os humanos, os peixes têm horário certo para comer e descansar. Por esse motivo, o tutor deve estar atento ao horário em que deve alimentar o peixinho e ao nível de luminosidade do ambiente e aquário. Lembre-se: ele precisa de luz para viver bem. Nunca o deixe no escuro. Por isso, é importante que o aquário tenha lâmpadas de LED próprias para o ambiente.

2 – Comida

Afinal, o que peixes comem? Eles preferem ração em flocos ou grãos. O alimento em flocos é o mais ideal e recomendado, pois, quando colocado na água, amolece e facilita para que o peixinho coma com tranquilidade. Já a ração granulada tem mais nutrientes, entretanto requer cuidados. Como ela afunda no aquário e não muda de textura como os flocos, precisa ser comprada de acordo com a raça ou tamanho do animal.

3 – Filtragem

O filtro é provavelmente o requisito chave para você dar uma boa vida ao seu peixinho. O aquário junta os restos de alimentos e fezes, causando mau cheiro. O aparelho é responsável por essa limpeza. Além disso, existe também a bomba de filtro, que evita a amônia, substância que sai do xixi dos peixinhos e pode, inclusive, matá-los. Então, é importante que, antes de receber o seu futuro pet, você prepare todo o ambiente com um dia de antecedência.

4 – Aquecedor

Nem sempre a temperatura da água em que o peixe vive é ideal para ele. Além disso, ela muda, o que pode fazer mal ao peixinho. Não à toa, existem aquecedor e termostato para o aquário, importantíssimos para evitar o problema. Quando for comprar o seu peixe, procure se informar qual é a temperatura ideal para aquela raça. Eles não são todos iguais e têm necessidades e comportamentos diferentes.

5 – Substrato

Os substratos para aquário devem ser devidamente comprados em lojas especializadas. Não pode ser qualquer “pedrinha bonita” que o proprietário encontrar por aí. O substrato é a base do aquário e pode ser de areia, cascalho ou pequenas rochas. Ele tem várias funções importantes, desde decorar até ajudar a manter a temperatura da água. Fora isso, dão um charme todo especial ao “lar” do seu peixinho.

SOBRE O AUTOR
Zilá Motta

Graduanda em jornalismo no Centro Universitário Iesb, tem experiências como repórter e social media. Apaixonada pelo mundo pet, está atualmente como estagiária na coluna É o Bicho!

Últimas notícias