Dez curiosidades bizarras sobre o pênis dos animais

De órgão sexuais gigantes a partes do corpo mais modestas, os bichos escondem surpresas quando o assunto é vida sexual

Reprodução/SóCuriosidades

atualizado 24/03/2020 10:44

O mundo animal é repleto de curiosidades e mistérios. Algumas características de certos animais são tão bizarras que nunca poderíamos imaginar, por exemplo, um pênis em formato de adaga, órgãos reprodutores com mais de cinco metros e até mesmo, um pênis que passeia por aí sem o seu “dono”.

Em um bate-papo com o Metrópoles, o biólogo especialista em comportamento animal, Eduardo Bessa, contou algumas curiosidades (muito!) inusitadas e interessantes sobre o pênis dos animais, como, por exemplo: pênis de duas ou quatro “cabeças”.

Ficou curioso(a)? Confira!

1 – Pênis de “longa distância”

As cracas são crustáceos campeões na desproporcionalidade quando o assunto são os órgãos reprodutores. Elas ganham este título pois são animais pequenos, mas que possuem um pênis nove vezes maior que o próprio corpo.

De acordo com Eduardo, a craca fica presa no chão, em navios ou até mesmo na cabeça das baleias o que torna difícil o acasalamento com as parceiras. “Como ela não pode nadar, a solução que a craca conseguiu foi desenvolver um pênis muito comprido, que vai tateando sozinho até conseguir penetrar na fêmea”, conta.

2 – Um pênis ou uma adaga?

Os temidos e pequenos percevejos têm uma história um pouco sombria envolvendo o próprio órgão reprodutor. O pênis deste inseto é do formato de uma adaga, e, de acordo com o especialista, ele não aceita ser rejeitado pela fêmea e utiliza o membro como uma arma para atacá-la.

“Se a fêmea não aceita acasalar com o percevejo, ele finca o pênis na barriga dela e ejacula lá dentro, para que mesmo assim ocorra a reprodução. A fêmea depois se recupera deste ferimento, mas é uma forma de acasalamento não aceita por ela”, relata.

3 – O maior pênis do mundo

Como a baleia é o maior animal do mundo, é de se esperar que o pênis dela seja proporcional ao seu tamanho. As baleias azuis tem um pênis que pode chegar aos cinco metros e os testículos podem pesar cerca de 10 quilos. Apesar de grande, o órgão reprodutor da baleia é relativamente fino, tendo 30 a 50 centímetros de diâmetro.

Segundo Eduardo, o pênis da baleia fica escondido em uma fenda abdominal. “Isso acontece para não atrapalhar a baleia de nadar”.

4 – Pequeno mas muito eficiente

Se existe o maior pênis do mundo animal, é de se esperar o menor deles. O musaranho, um mamífero parecido com um rato, mede apenas 2,5 centímetros e o pênis dele mede apenas 5 milímetros. Mas não se engane, apesar do tamanho, o órgão é muito eficiente, as ninhadas da espécie podem chegar a 10 filhotes.

5 – Um museu dedicado ao pênis dos animais

Se você acha que já viu de tudo na vida, está (bastante) enganado. Na Islândia existe um museu dedicado ao pênis dos animais. O local expõe cerca de 56 pênis de baleias, 36 focas e outros 115 mamíferos terrestres. Antes que você se engane, pensando que ninguém vai lá, o Museu Falológico Islandês recebe diariamente visitantes do mundo inteiro.

A curiosidade em relação ao museu vem devido ao acervo do local, que conta com alguns destaques, como o pênis da baleia cachalote, que pesa 70 quilos e mede quase dois metros. Mas na realidade, o museu só expõe uma parte do órgão reprodutor do mamífero, pois o órgão pode alcançar cinco metros e pesar cerca de 450 quilos.

6 – Pênis duplo

As cobras são animais bastante exóticos e peculiares. Esses animais possuem um hemipênis, que se trata de um órgão reprodutor (bizarro) de duas cabeças: os dois pênis funcionam perfeitamente. Mas durante o acasalamento, apenas um deles é usado, o outro, fica “guardado” para uma próxima ocasião.

Reprodução/MegaCurioso

7 – Pênis espinhento
Já vimos pênis em formato de adaga e um com duas cabeças, então por que não um cheio de espinhos e ganchos? Geralmente os animais que possuem órgãos assim são os que não têm braços ou patas para segurarem as parceiras, como os tubarões e as cobras. Então, os espinhos servem para auxiliar o acasalamento.
8 – Um pênis com vida própria

Existe um polvo que se destaca na lista dos pênis mais bizarros do mundo, pois o órgão reprodutor deste animal se desprende do corpo em busca das fêmeas da espécie. Ele não dá a mínima para o seu próprio pênis, a maior prova disso é deixar ele “andar” livre por aí. Os cientistas, quando encontraram o seu membro, pensaram que se tratava de algum verme parasita.

9 – O pênis mais feio do mundo

As equidnas são os únicos mamíferos da terra que põem ovos como os répteis, além disso, este animal possui um pênis bizarro com quatro extremidades, que funcionam em pares. Infelizmente, os cientistas que estudam a espécie ainda não descobriram direito a função de todas as ramificações penianas. Mas, já se sabe, é que, durante o ato sexual, a equidna usa apenas duas “cabeças”.

Reprodução/MegaCurioso

10 – O pato-de-rabo-duro

Não é muito comum que as aves tenham pênis, mas o pato-do-rabo-duro é a exceção que confirma a regra! O pênis dele inclusive pode ultrapassar os 40 centímetros, sendo o maior órgão sexual dos animais vertebrados. Com o formato de saca-rolhas, os cientistas acreditam que eles se tornaram “bem-dotados” pois as fêmeas das espécies costumam dar mais atenção aos pênis maiores.

 

Últimas notícias