Descubra os 10 principais medos dos cachorros

As fobias podem ter várias causas, incluindo a falta de socialização precoce, fatores genéticos e experiências negativas

Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

atualizado 12/12/2019 12:29

Os cães podem ter vários medos diferentes. Essas fobias têm várias causas, incluindo a falta de socialização precoce, fatores genéticos e experiências negativas. Esses sentimentos dos cachorros podem levar a sinais como encolher-se, tremer, babar, latir, ter um comportamento destrutivo e, em alguns casos, agressivo.

1. Medo de trovão
Astrofobia ou medo de trovão é um dos mais comuns dos cachorros. O grau dessa fobia pode diferir entre os cães, indo do mais leve até o mais forte.

Neste último caso, o cachorro pode tremer ligeiramente e você pode notar orelhas achatadas e a cauda dobrada durante tempestades. Outros cães podem manifestar a fobia de forma mais grave, fazendo com que se escondam, se tornem destrutivos ou percam o controle do intestino ou da bexiga.

Uma curiosidade interessante é que os cães também podem pressentir uma tempestade bem antes de você conseguir detectá-la. Essa é a razão pela qual muitos tutores relatam ter visto seus cães mostrarem sinais de medo por vários minutos antes que o fenômeno realmente aconteça.

2. Medo de fogos de artifício
Semelhante ao medo das tempestades, sons altos e imprevisíveis e a luz dos fogos de artifício fazem muitos cachorros tremerem. Cães com uma fobia grave de fogos de artifício podem precisar de tratamento com medicação antiansiedade ou sedativos.

3. Medo de objetos
Muitos cães desenvolvem medo de objetos particulares: aspirador de pó, decorações e brinquedos de criança. Às vezes, esse tipo de fobia não é grande coisa, pois muitos itens podem simplesmente ser removidos do campo de visão do bichinho. Em certos casos, no entanto, pode ser problemático.

Leia a matéria completa no Portal do Dog

SOBRE O AUTOR
Últimas notícias