10 curiosidades incríveis sobre os cães da raça poodle

Quarto cão mais popular no Brasil, os poodles encantam o coração dos brasileiros por sua inteligência e personalidade

Reprodução/Unsplash

atualizado 29/02/2020 21:30

Os cães da raça poodle parecem encantar o coração de muitos brasileiros. Inteligente, carinhoso e cheio de personalidade, o cãozinho ocupa o 4º lugar do ranking de cães mais populares do Brasil feito pela plataforma Dog Hero.

E pensando nesses pequenos peludos, o Metrópoles separou 10 curiosidades incríveis sobre a raça. Confira:

1 – Ele pode ser encontrado em três tamanhos

O poodle toy é o menor. De tão pequeno, pode caber em uma bolsa. Já o poodle mini é do tamanho “médio” e mais comum. Por fim, o poodle standard ou gigante, é o maior da raça e precisa ser criado em espaços grandes. Além disso, é um animal muito ativo e bastante extrovertido.

2 – Sua origem é incerta

Existem vários registros da existência do poodle, como esculturas romanas e gregas. Entretanto, a sua origem é incerta e existem várias hipóteses sobre o surgimento da raça. A primeira delas é que os poodles tenham surgido na Alemanha, pelo cruzamento de cães d’água portugueses e franceses. Outra hipótese é de que o animal surgiu na Ásia e depois tenha sido levado para a Europa, principalmente para França, com a intenção de agradar a burguesia parisiense.

3 – O segundo cachorro mais inteligente do mundo

Ocupando o segundo lugar no ranking de inteligência canina feita por Stanley Coren, os poodles são animais muito inteligentes, podendo ser adestrados com muita facilidade. Por essa razão, eles participavam de várias apresentações em circos e teatros. Além disso, a raça ficou muito famosa por apresentar números de dança para a aristocracia europeia no século XVI.

4 – São excelentes nadadores

Além das apresentações artísticas, o cãozinho se destaca como um grande nadador.

5 – Uma estrela dos anos 1990

Popular em todo o mundo, o poodle se tornou o pet de várias celebridades, como: Walt Disney, Elizabeth Taylor, Rihanna, Katy Perry, Elvis Presley e Chopin. No Brasil, a raça se popularizou da década de 1990.

6 – Ele é carente

Os cães da raça poodle são mais carentes que a maioria das outras raças, logo, ele faz de tudo para chamar a atenção dos tutores e às vezes podem exagerar. Por isso, é importante que os tutores coloquem limites quando o animal ainda é filhote, investindo no adestramento.

7 – Podem desenvolver doenças bem complicadas

O poodle é uma raça que foi geneticamente modificada ao longo dos anos, por isso, todas as três variações podem desenvolver uma série de doenças congênitas, como: má formação do quadril, cegueira, dermatites e a doença de Addison, que causa a atrofia de glândulas dos rins.

8 – Cão leão

Quem vê o poodle não imagina a coragem que eles possuem. Antigamente ele era usado para espantar os lobos que costumavam atacar os rebanhos de ovelha. Para que o cãozinho ficasse ainda mais intimidador, os tutores faziam uma tosa para que o poodle ficasse com uma “juba”, se assemelhando a um leão.

9 – São calmos

Mesmo sendo um cãozinho cheio de energia e um ótimo companheiro para a prática de vários esportes, o poodle é um animal bastante calmo e cooperativo. Entretanto, o poodle pode ter um comportamento agressivo com estranhos, logo, o tutor deve estar atento às visitas.

10 – Eles têm várias cores

A cor mais comum do poodle é o branco, entretanto, esse cãozinho pode ser encontrado em tonalidades como o preto, creme, marrom e cinza. Além disso, ele pode apresentar duas variações de cores na pelagem, podendo ter tons variados na orelha e no focinho.

Últimas notícias