Tarólogo dos famosos fala sobre carreira e faz previsão para 2020

"Cuidado com o coração", recomenda Hugo Borges para o presidente Jair Bolsonaro. Ele também dá dicas de como se livrar de energias ruins

Jacqueline Lisboa/Esp. MetrópolesJacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles

atualizado 05/01/2020 17:06

Antecipar o futuro sempre atraiu a curiosidade das pessoas. Algumas despertam o dom pela vidência e se destacam, como Hugo Borges, tarólogo que ganhou notoriedade com suas previsões a partir das cartas. A notícia logo se espalhou, garantindo sua credibilidade.

Hoje ele é frequentemente acionado por estrelas de novelas globais e políticos brasileiros que estão em busca de direcionamento em momentos cruciais de suas carreiras.

Em entrevista à Coluna Claudia Meireles, o tarólogo recorda como a vidência se apresentou para ele, como lidou com revelações envolvendo a própria família – por exemplo, a morte do irmão e da mãe –, ensina rituais de purificação e faz previsões para o futuro do país.

Primeiras cartas

O tarô não era uma opção antes de ele receber o chamado para esse caminho. “Foi influência divina, em comum acordo, e deu muito certo”, lembra. Mas não foi um caminho fácil. Por algumas vezes, ele pensou em desistir, mas o feedback positivo das pessoas que se consultavam com ele o fez seguir em frente.

“Eles diziam ‘Hugo, aconteceu exatamente como você tinha dito, sem pôr nem tirar’. Não tem dinheiro que pague essa emoção e é isso que me dá razão para ir adiante”, garante.

Leitura do tarô

A maioria de seus clientes está em busca de respostas sobre os futuros amoroso, financeiro e social, envolvendo amigos e familiares. Nas consultas feitas na sala em que atua na Asa Norte ou na casa dos clientes, Hugo utiliza as cartas do baralho cigano como guia.

“Para mim, as cartas são um canal. Eu preciso delas para me conectar”, afirma.

Hugo Borges explica que, em alguns casos, é mais difícil fazer a leitura das cartas, especialmente quando a energia em volta da aura da pessoa está abalada. “Às vezes, o teu anjo da guarda não permite que eu diga algo porque você não está podendo saber o que vem adiante.”

Histórias marcantes

Ao longo dos últimos anos, Hugo atendeu muitas pessoas à procura de respostas e direcionamentos. Eles voltam e contam como as visões do cartomante se revelaram. Os nomes são preservados em sigilo, mas ele contou ao Metrópoles algumas das histórias mais curiosas.

“Jogar cartas e prever o futuro não é uma brincadeira. Você invoca mentores que estão em uma outra dimensão para te socorrer”, pontua.

Tarólogo dos famosos

Hugo tem uma clientela vasta em Brasília e em outras cidades espalhadas pelo mundo. Ele faz questão de atender a todos, principalmente aqueles indicados por amigos. Foi assim que chegou ao meio artístico e político.

“Eu nunca fui de divulgar, de colocar coisa em rede social ou cartaz. Vai se criando uma corrente. Quando eu vi, o meu nome já estava fora”, conta. O tarólogo faz questão de ter um contato mais próximo com seus clientes pelo mesmo telefone que agenda as consultas: o (61) 98235-0028.

Ritual de purificação

Cada pessoa leva consigo uma carga energética, trocada com o tarólogo durante as consultas. De tempos em tempos, ele faz um trabalho de purificação para eliminar essas cargas de si e evitar “consequências catastróficas, no sentido de dar interferência na visão, dor”. “Os efeitos são muitos”, conta.

Para tanto, ele segue um ritual de purificação com banhos de imersão e ensina alguns para quem se sente energeticamente desgastado ou angustiado.

Previsão para Jair Bolsonaro

Quando o assunto é o futuro do Brasil, Hugo afirma que vê dias de “guerra” na Praça dos Três Poderes e sugere que o presidente tenha mais atenção com a própria saúde, em especial, o coração.

“A saúde dele está bem melindrosa. Há mais uma cirurgia vindo por aí e cuidado com o coração”, prevê. “Fale menos, exponha-se menos e faça mais pelo país”, aconselha o tarólogo.

Ação social

Há 10 anos, o cartomante recebeu o chamado da atriz Maitê Proença, por meio de um sonho, para doar brinquedos a uma creche. “É uma cobrança espiritual e uma necessidade minha de ajudar essas crianças”, reflete.

Nos dias 07 e 08 de dezembro, ele promoveu um evento beneficente no Clube Terapia, na Asa Sul, para arrecadar brinquedos e alimentos para as crianças do Centro Espírita Boa Árvore, localizado em Ceilândia Norte.

Nesses dois dias, ele fez previsões de 2020 para 80 pessoas que passaram pelo local em troca de doações, garantindo mais alegria ao Natal das crianças da instituição.

 

 

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

SOBRE OS AUTORES
Claudia Meireles

Acumula temporadas de estudos nos Estados Unidos, França e Inglaterra. Em Nova York, trabalhou no mercado de artes. Após uma década vivendo no Rio de Janeiro, onde atuou na Galeria Luciana Caravello, decidiu retornar a Brasília. Atualmente assina uma coluna social no portal Metrópoles.

Bethânia Nunes

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário Iesb em 2014. Trabalhou na produção da TV Brasília e no Correio Braziliense por três anos, onde atuou como repórter no site do veículo. Desempenhou a função de assessora de imprensa no Grupo Objetiva até março de 2018. Atualmente, produz a coluna de Claudia Meireles.

Últimas notícias