Prestes a se casar, Juliana Marques compartilha dicas para noivas

A advogada e influenciadora digital mediou o bate-papo Lidando com a Ansiedade de Ser Noiva, com a presença de experts dos casamentos

Vinícius Santa Rosa/MetrópolesVinícius Santa Rosa/Metrópoles

atualizado 24/05/2019 21:39

Na última terça-feira (21/05/2019), Juliana Marques convocou um time de experts dos casamentos para um bate-papo com o tema Lidando com a Ansiedade de Ser Noiva. No evento, realizado no Centro de Convenções do Lake Side Apart Hotel, a advogada e influenciadora digital compartilhou dicas e soluções de como enfrentar a tensão pré-casamento com mais leveza.

Para o encontro, a influencer convidou a cerimonialista Aline Guimarães, o psicólogo André Lubec e o cirurgião plástico César Daher. O cabeleireiro Eliel Almeida, o fotógrafo Rafael Noleto e a estilista Andrea Monteiro, escolhidos por Juliana para o seu casamento, também contribuíram com a palestra. O evento atraiu noivas acompanhadas por seus companheiros e madrinhas.

“O casamento é um evento totalmente emocional, desde a pressão da sociedade até as questões familiares. É um evento que pode sobrecarregar os noivos”, revelou.

Ju sobe ao altar no dia 22 de junho para, enfim, se casar com o estatístico Leonardo Bosque. Eles estão noivos desde setembro de 2018. Com apenas oito meses de noivado, ela garante que conseguiu lidar com todas as questões que envolvem a organização da festa, a lua de mel e os preparativos da nova casa – com a ajuda de Leonardo, da mãe e da sogra, Sheyla Marques e Glória Bosque, respectivamente, e do cerimonialista César Serra.

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Leonardo Bosque e Juliana Marques

 

Decidir é cansativo. A tensão é natural e existe para todos

Juliana Marques

Ela dá três dicas para os noivos. A primeira delas é “alinhe expectativas”: entenda o que o noivo e os familiares esperam do grande dia para que não haja frustrações ao longo do caminho.

A segunda é “faça um curso de noivos”. Juliana traz pontos específicos para que os noivos conversem sobre expectativas, família, princípios e valores. “São coisas que muitas vezes a gente deixa subentendidas nas conversas enquanto namorados. É importante falar.”

A terceira dica é esta: “a festa, a lua de mel e os detalhes da casa nova são só detalhes, se comparados a ter paz com o seu futuro marido”, ou seja, isso não pode tomar o lugar do mais importante, o relacionamento. “Viva a fase do noivado de forma leve. Não se esqueça de curtir o casamento com o seu noivo e familiares.”

Juliana assume que o noivado pode trazer um turbilhão de sentimentos e dá sete dicas para controlar as emoções:
– Defina o propósito do seu casamento;
– Comece seus dias com um momento para racionalizar as emoções;
– Viva o presente;
– Escreva o que está sentindo, para ter um senso maior de clareza;
– Quando um detalhe falhar, lembre-se de que a maior bênção você já tem: o seu companheiro;
– Lembre-se de aproveitar e se divertir em cada detalhe;
– Dedique tempo para se cuidar.

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Juliana Marques

 

Para que o dia do “sim” dê certo, a cerimonialista Aline Guimarães recomenda que os noivos vivam cada momento por etapas, de preferência ao lado de um cerimonialista. O profissional é o responsável por guiar todo o caminho, seguindo uma ordem de prioridades. “Não fuja do processo. Não tente escolher as forminhas dos doces quando a prioridade é o local da cerimônia”, disse.

Aline lembra que os noivos devem ser autênticos na construção da própria festa. “A maior ansiedade é o desejo de agradar ao outro. É legal pensar nos convidados, mas estejam seguros da legitimidade do gosto de vocês”, aconselhou Aline. Ela recomenda também que as noivas não assumam o papel da noiva neurótica. “Você não precisa surtar”, afirmou.

Outros pontos importantes são: fazer planejamento financeiro, para equilibrar os gastos da festa do casamento com a nova casa sendo montada; saber lidar com a ansiedade, especialmente com os fornecedores; e confiança nos profissionais contratados. Trocá-los no caminho pode representar perda de tempo e dinheiro. “Se você escolheu um profissional, não continue procurando. Algumas noivas trocam o vestido várias vezes”, afirma.

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
André Lubec, Aline Guimarães e César Daher

 

Antes de caminhar em direção ao altar, algumas noivas recorrem a tratamentos estéticos e até mesmo a cirurgias plásticas. O cirurgião plástico César Daher garante que recebe semanalmente pacientes à procura de lipoesculturas, próteses de mama, rinoplastias e outros procedimentos.

O médico alerta que cada um deles requer um tempo de recuperação diferente, essencial para que as noivas aproveitem a festa sem dores e desconfortos. “Muitas vezes, eu precisei negar cirurgias com um mês de antecedência. Eu não posso correr o risco de deixar a noiva sentindo dor no dia do casamento”, garante.

Daher lista os procedimentos mais procurados e os protocolos para a recuperação de cada um deles:

Lipoescultura (6 meses): “É um ano cheio de eventos para os noivos, degustações de doces e bufês, chás de panela, lingerie e outros. É comum a noiva querer fazer, mas nós precisamos de pelo menos seis meses para a recuperação”.
Prótese de mama (3 meses): “Idealmente, ela deve ser feita seis meses antes da cerimônia. É quando a mama está mais bonita. Você não vai querer ir para a lua de mel sentindo dor”, brincou.
Rinoplastia (um ano): “Parece simples, mas é uma das cirurgias mais complexas. O nariz desincha entre os três e seis primeiros meses, em alguns casos é preciso fazer retoques”.
Procedimentos estéticos: “Preenchimentos faciais, botox e laser podem ser feitos entre 45 dias e dois meses antes da cerimônia”.

Confira os cliques:

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Rafael Noleto, Leonardo Bosque, Juliana Marques, Andréa Monteiro e Eliel Almeida

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Juliana Marques

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Juliana Marques

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Eliel Almeida

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Rafael Noleto

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Andrea Monteiro

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
André Lubec

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Juliana Marques

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
André Lubec

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
César Daher

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Juliana Marques e Leonardo Bosque

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Thais Lianne e Thainá Ísis

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Sheyla e Juliana Marques

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Anne Bonatto, César Daher e Darleny Daher

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Juliana Marques

 

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

SOBRE O AUTOR
Bethânia Nunes

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário Iesb em 2014. Trabalhou na produção da TV Brasília e no Correio Braziliense por três anos, onde atuou como repórter no site do veículo. Desempenhou a função de assessora de imprensa no Grupo Objetiva até março de 2018. Atualmente, produz a coluna de Claudia Meireles.

Últimas notícias