Forbes tira Kylie Jenner da lista de bilionários: “Mente desde 2016”

A revista recalculou o patrimônio de Kylie e concluiu que ela não detém uma fortuna bilionária. A empresária se pronunciou pelo Twitter

Kylie JennerAxelle/Bauer-Griffin/FilmMagic/via Getty Images

atualizado 30/05/2020 12:43

Kylie Jenner causou alvoroço ao estampar a capa da Forbes como a futura bilionária mais jovem do mundo. Passados quase dois anos, a revista contestou o título e retirou a magnata da lista de bilionários nessa sexta-feira (29/05). De acordo com a publicação, a empresária e sua família teriam forjado documentos para que sua fortuna parecesse maior.

Na reportagem, a Forbes diz ter recalculado o patrimônio líquido de Kylie e concluiu que ela não detém uma fortuna com doze dígitos. A revista começou a desconfiar da socialite após a venda de 51% da ações da sua empresa, a Kylie Cosmetics, em janeiro. Quem comprou a cota foi a gigante da beleza Coty, por US$ 600 milhões, o mesmo que R$ 3,2 bilhões. Pelas estimativas do acordo firmado entre as partes, a marca valia US$ 1,2 bilhão, cerca de R$ 6,4 bilhões.

Depois descontar os impostos, a empresária teria faturado US$ 340 milhões, o equivalente a R$ 1,8 bilhão. A venda para a Coty revelou que a Kylie Cosmetics é “significativamente menor e menos lucrativa” do que foi avaliada, explicou a revista no artigo.

“O negócio nunca foi tão grande assim, e os Jenners mentem sobre isso desde 2016 – incluindo ter seu contador redigindo declarações fiscais com números falsos – para ajudar a calcular as estimativas da Forbes sobre os ganhos e o patrimônio líquido de Kylie”, ressaltou.

Kylie Jenner na capa da Forbes
Capa da Forbes que trouxe Kylie como jovem bilionária

Segundo a Forbes, a família começou uma campanha para que a empresária aparecesse em suas páginas em 2016. A mãe de Kylie, Kris Jenner, chegou a apresentar documentos e declarações de impostos em uma reunião. A intenção era que a filha ocupasse a segunda posição da lista Celebrity 100, atrás apenas de Taylor Swift.

Porém, após consultar analistas e especialistas no setor, a revista considerou as exigências implausíveis. No ranking de 2017, a personalidade surgiu em 59º lugar, para frustração do clã Kardashian-Jenner. Meses depois, os registros com o tamanho da etiqueta de beleza foram publicados pela WWD. A reportagem dizia que Kylie havia lucrado US$ 420 milhões com facilidade em 18 meses.

Pelas novas contas da revista, a socialite de 22 anos é dona de pouco menos de US$ 900 milhões, o equivalente a R$ 4,8 bilhões. “Como sempre, pedimos aos Jenners informações em cima dos nossos números. Mas, pressionada por respostas sobre as muitas discrepâncias, a família normalmente fez algo fora do normal: eles pararam de responder às nossas perguntas”, frisou a Forbes na conclusão da reportagem.

A empresária se manifestou em sua conta oficial no Twitter. Nos posts, ela disse que há “declarações imprecisas e suposições não comprovadas”. Kylie Jenner contou que nunca pediu título nem tentou aparecer na Forbes. “Posso citar uma lista de 100 coisas mais importantes agora do que fixar quanto dinheiro tenho”, acrescentou.

 

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias