Carnaval: Cynthia Portella ensina penteados infantis para a folia

A convite da coluna Claudia Meireles, a dermatologista fez três inspirações coloridas e divertidas nas madeixas da filha, Maria

Jacqueline Lisboa/Esp. MetrópolesJacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles

atualizado 14/02/2020 9:10

Filho de peixe, peixinho é. A dermatologista Cynthia Portella não deixa de se fantasiar e pular Carnaval com produções criativas. Sua filha Maria, 6 anos, segue o mesmo caminho. A menina carrega na veia o amor pelo período festivo e marca presença nos bloquinhos infantis da capital.  

A mãezona leva a primogênita para se divertir na temporada de confetes e serpentinas desde os primeiros seis meses de vida. “A primeira fantasia foi de cigana. A coisa mais fofa de barriga de fora”, recordou a dermatologista. A criança é figurinha carimbada nos bailes do Iate Clube de Brasília

Em 2020, mãe e filha estão ansiosas pelos dias de folia. Os looks divertidos, inclusive, já foram definidos e comprados. “Encomendei uma fantasia que vou usar em grupo com minhas amigas. Também tem uma daquela bebida que a gente adora: o Corote”, disse Cynthia. A garota se transformará em uma linda bailarina. 

 

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
A mãe passou para a filha o amor pelo Carnaval

 

Nem só do look é feita a fantasia. As madeixas merecem uma atenção especial, principalmente das crianças. A dermatologista faz muitos penteados no cabelo de Maria, a pedido da menina, sobretudo nos dias de aulas escolares. 

“Tenho muitas possibilidades, pois sempre faço algo diferente para ela ir ao colégio. Lá, eles têm o Dia do Cabelo Maluco, que exige uma demanda grande”, contou. Devido ao evento escolar, Cynthia ousa e abusa da criatividade na hora de mexer nos longos cachos da primogênita. 

Com um leque de referências, a dermatologista ensinará três penteados carnavalescos.

Confira, a seguir, o passo a passo:

 

Cucurutu  
Com a intenção de facilitar a rotina, Cynthia propôs à filha de, juntas, apelidarem os penteados. “Todos têm nomes porque fica mais fácil identificar, já que ‘me viro nos 30’ diariamente”, enfatizou a mãezona. Um dos penteados queridinhos da criança é o cucurutu. 

Apelidamos assim porque parece um cucurutu. Lembra daquela novela da Mamusca? Da Cor do Pecado. A Mamusca fazia assim

Cynthia Portella

Primeiramente, divida o cabelo do início ao fim. Em seguida, faça duas marias-chiquinhas. Elas virarão dois coques, que serão presos com ligas coloridas. Em volta dos “cucurutus”, vale colocar fitas finas e longas de diferentes tonalidades a fim de dar o efeito de movimento. O penteado faz alusão ao usado pelas bonecas LOL

 

Rabo de cavalo com tiara
No segundo penteado, Cynthia aconselha os pais a fazerem um rabo de cavalo bem alto e soltarem um pouco do cabelo atrás da orelha para colocar a tiara com adereços. Após terminar a primeira parte, algumas mechas serão trançadas e divididas com ligas verde, azul, rosa, laranja e amarelo.

“Vou partir as trancinhas com vários elásticos coloridos. Carnaval é brilho e ousadia”. A dermatologista finalizou a produção com glitter no início dos fios.  

 

 

Multicolorido 
 Maria estava ansiosa pela última inspiração, na qual Cynthia abusou da criatividade. O primeiro passo é separar o cabelo em cinco partes e prender cada uma com uma liga rente ao couro cabeludo, deixando o restante solto. As mechas foram tingidas com spray nos tons amarelo, rosa e roxo, além de receber pitadas de glitter. 

O arremate da produção ficou a cargo da tiara de coelhinho, escolhida por Maria. No rosto, a garota investiu em um adesivo de arco-íris abaixo dos olhos. Autêntica e fashionista, a garota não repetirá os penteados ao longo da folia. A cada fantasia, optará por uma produção diferente para combinar com a temática dos looks

 

 

Cuidados
Em todos as referências, Cynthia usou um baby spray finalizador para molhar o cabelo da filha. O item facilita o penteado e realça a beleza dos fios. Profissional da área, a dermatologista afirma não usar produtos indicados a pessoas adultas na pequena por alterar o hormônio infantil. 

“Sou totalmente contra usar produtos de adultos em criança”, reforçou a mãe. As maquiagens aplicadas em Maria são veganas e o glitter é da Color Make, marca especializada em produções artísticas. 

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

SOBRE O AUTOR
Marina Ferreira

Formou-se em jornalismo pelo Centro Universitário Iesb em 2018. Três anos antes, graduou-se no curso de publicidade pela Universidade Católica de Brasília (UCB). Atualmente, trabalha como repórter das colunas Partiu e Claudia Meireles, ambas do Metrópoles. Atuou como estagiária de fotografia na Procuradoria-Geral da República (PGR) e de assessoria de imprensa na Anvisa e no Ministério da Fazenda. Fez parte da equipe de reportagem da redação da Rádio Senado e do GPS|Lifetime. É vencedora do prêmio Intercom Nacional com a revista-laboratório Jenipapo, da UCB.

Últimas notícias