Baleia ri ao ser questionado se há espaço para Bolsonaro no MDB

Presidente da sigla, o deputado federal foi recebido pelo chefe do Executivo no Palácio do Planalto

NILTON FUKUDA/ESTADÃO CONTEÚDO/AENILTON FUKUDA/ESTADÃO CONTEÚDO/AE

atualizado 08/10/2019 15:49

O presidente do MDB, deputado federal Baleia Rossi, riu quando foi questionado por um jornalista, na tarde desta terça-feira (08/10/2019), se haveria espaço para o presidente Jair Bolsonaro (PSL), em seu partido. “Boa provocação”, respondeu.

Alguns segundos mais tarde, o líder emedebista quebrou um silêncio com sinceridade: “Aí é o seguinte: qualquer resposta vai ser polêmica”, complementou, sem acrescentar um “sim” ou um “não” à pergunta.

Bolsonaro atacou, de manhã, o presidente do PSL, Luciano Bivar. Na parte externa do Palácio da Alvorada, o mandatário do país pediu a um apoiador, ao pé do ouvido, para que esquecesse o partido. Em seguida, disse que Bivar está “queimado para caramba”.

A insatisfação está ligada às investigações relacionadas a candidaturas de laranjas pela sigla nas eleições de 2018.

Segundo o presidente do MDB, entre os assuntos discutidos com o chefe do Executivo está a votação da divisão de recursos remanescentes do leilão do pré-sal, apoiada por ele.

“Eu vou trabalhar nesse sentido junto ao presidente [da Câmara] Rodrigo Maia, com os demais líderes, para que a gente possa buscar um entendimento, uma solução, para que o mais rápido possível a gente possa votar a cessão onerosa”, afirmou.

SOBRE O AUTOR
Guilherme Waltenberg

Formado pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), tem especialização em jornalismo digital e gestão de empresa de comunicação pela ISE Business School, instituição vinculada à Universidade de Navarra, na Espanha, onde fez intercâmbio. Foi pesquisador convidado da Columbia University, em Nova York. Trabalhou no Correio Braziliense, Jornal da Tarde, Estadão, entre outros veículos de notícias. Dirigiu o portal regional O Livre, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias