*
 
 

A Pantone anunciou a cor do ano de 2019 e o burburinho dentro do universo do design começou. Todo ano, mesma história. Living Coral é tudo que a gente precisava depois de viver o último ano sob a sombra do Ultra Violeta – um desses tons difíceis de gostar, combinar, se sentir bem por perto – bem no tom de 2018, um ano um tanto quanto conturbado.

Os diretores da marca afirmam que o coral vem como uma resposta à frieza do violeta, uma necessidade de darmos um tom mais caloroso e afetuoso para 2019. Mas como isso tudo influencia a sua vida?

A cor Pantone é apenas uma orientação de tendências e, cá pra nós, uma auto promoção da marca. Mas, sim, teremos mais editoriais de moda explorando os tons alaranjados, mostras de arquitetura abusando das cores mais quentes, um ou outro produto novo explorando a moda coral. Ponto pra gente, pois a cor é mesmo linda e uma bela escolha pra um ano que promete ser tão intenso quanto 2018.

Dentro do design de interiores, a cor Pantone do ano é muito mais um reflexo do que uma influência, se analisarmos de perto. Ninguém vai escolher pintar casa de coral só porque a Pantone determinou o tom como o queridinho dos próximos 12 meses. Mas a escolha da marca é, inquestionavelmente, um reflexo do que esperamos do próximo ano, baseado no presente.

Para 2019, vamos apostar então em um ano mais afetuoso e aconchegante. Em escolhas mais calorosas e intensas, ainda que leves e delicadas. Mais espaço para o feminino, sem que ele tenha ligação com a fragilidade. Percebe como essas descrições conversam com nosso momento na história? Ao analisar os catálogos das cores de cada ano, talvez tenhamos uma mostra da vibração que emanamos em cada período.



 


pantonecorcoral