Bibo Nunes quer expulsão do PSL: “Sem fundo, TV ou salário”

Deputado gaúcho move ação na Justiça para sair levando verbas, mas agora diz que abre mão até de um mês do próprio pagamento

atualizado 13/12/2019 15:25

Reprodução

A harmonia da imagem em destaque, entre os deputados federais Luciano Bivar (PSL-PE) e Bibo Nunes (PSL-RS), acabou faz tempo, e agora o gaúcho está tentando dar um fim definitivo a essa relação. Inspirado pela expulsão da colega Bia Kicis (DF) do partido, Nunes divulgou vídeo pedindo para seguir o mesmo caminho e abrindo mão dos bens.

“Estou nessa briga na Justiça desde junho, pedindo para levar junto o Fundo Partidário e o tempo de TV”, relata ele, na gravação. “Mas agora a proposta é a seguinte: me expulsem! Não quero fundo partidário, fundo eleitoral nem tempo de TV. E doo o salário integral de deputado para que vocês engordem o Fundo de vocês [do PSL].”

Nunes seguiu o discurso dizendo: “Não dou bola pra dinheiro em política”; logo em seguida, preocupou-se em detalhar melhor a proposta: “Vou doar um mês de salário”.

À Justiça Eleitoral, Nunes, que tem como profissão pré-política o jornalismo, declarou um patrimônio de R$ 9 milhões.

Veja o vídeo de Bibo Nunes:

Mais lidas
Últimas notícias