Zoë Kravitz revela ter sofrido assédio sexual de diretor

Em entrevista à Rolling Stone, a filha de Lenny Kravitz contou ter sido assediada aos 19 anos, ainda no início de sua carreira como atriz

atualizado 31/10/2018 12:27

Em nova entrevista à revista americana Rolling Stone, a atriz Zoë Kravitz, de 29 anos, revelou ter sofrido assédio sexual de um diretor de cinema quando tinha 19 anos. A filha do cantor e ator Lenny Kravitz relatou o episódio de assédio, mas preferiu não informar o nome do diretor.

A atriz, que na época ainda estava no início de sua carreira, afirmou à revista que o episódio a fez se sentir desconfortável e impotente. “Eu era nova – tinha talvez 19 ou 20 anos – e estávamos hospedados no mesmo hotel. Ele me pedia para entrar no meu quarto. Totalmente inapropriado. E então começou a vir no trailer de maquiagem e tocar meu cabelo. Ele dizia ‘Deixe-me ver sua fantasia. Pode dar uma volta?’. Não é legal que alguém faça isso. Especialmente quando se está numa posição de poder”, disse Zoë à revista.

Atualmente Zoë Kravitz atua na série Big Little Lies, da HBO, interpretando a personagem Bonnie Carlson.

Além da série, a atriz aparecerá agora nos cinemas no filme Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald, interpretando Leta Lestrange, ex-namorada de Newt Scamander (Eddie Redmayne). A produção será lançada no dia 16 de novembro.

0

Últimas notícias