Sandy afirma saber paradeiro do cantor Tiago Iorc: “Está ótimo”

Em entrevista para o portal UOL, a cantora afirmou que mantém contato com o cantor

Reprodução/InstagramReprodução/Instagram

atualizado 29/08/2018 14:31

Em janeiro deste ano, o cantor e compositor Tiago Iorc anunciou em sua conta do Instagram que iria se afastar das redes sociais. Desde então, pouco — ou quase nada — se sabe do paradeiro do artista. Até Sandy revelar, em entrevista para o UOL, que conversa com ele quase todos os dias.

“Falo com ele quase sempre. A gente está super próximo, só não cogitamos gravar nada para não repetir tão cedo a parceria” contou.

Questionada sobre onde o cantor está se escondendo, ela desconversou. “O que posso dizer é que está tudo bem, ele está ótimo”, garantiu.

Afastamento
Com 11 anos de carreira, o cantor brasiliense Tiago Iorc anunciou, em janeiro, que iria se afastar da rede social Instagram. “Concluí que um descanso vai me fazer bem. Me ausentar dessa nossa vida ‘instagrâmica’ que nos consome e me permitir viver sem calcular tanto”, escreveu.

O cantor fez uma retrospectiva do início de sua carreira e compartilhou uma foto de dez anos atrás. “Penso no quanto a audacidade daquele pirralho propulsionou minha vida. Dez anos que vivi. Dez anos que me viveram. Se foram: intensos como um piscar de olhos e efêmeros como a eternidade”.

Apesar das boas lembranças, Iorc desabafou alguns pensamentos mais densos, que teriam lhe provocado a decisão de se afastar. “Quanta saudade. Hoje me vi sem medo e senti saudade. Ou teria eu sentido medo de não sentir medo? Hoje me vi sem certezas e me senti velho. Somente o velho não consegue ter certeza do que é sonho”.

Conheci aquele guri ali, sentado, enquanto ele gravava seu primeiro videoclipe. Lembro dele todo cheio de medos, engolido por timidez, mas firme de certezas. Ele não fazia ideia de nada, mas sabia exatamente tudo o que queria. Olhando pra essa foto, vejo ele me reconhecendo. Ele sempre soube que me encontraria aqui. Enquanto digito, penso no quanto a audacidade daquele pirralho propulsionou minha vida. Dez anos que vivi. Dez anos que me viveram. Se foram: intensos como um piscar de olhos e efêmeros como a eternidade. Parece que foi ontem. Parece que foi tanto. Quanta alegria! Pelo caminho, vi ficarem os medos, as certezas também. Quanta saudade… Hoje me vi sem medo e senti saudade. Ou teria eu sentido medo de não sentir medo? Hoje me vi sem certezas e me senti velho. Somente o velho não consegue ter certeza do que é sonho. Concluí que um descanso vai me fazer bem. Me ausentar dessa nossa vida instagrâmica que nos consome e me permitir viver sem calcular tanto, me descobrir em novos medos, voltar a ter certeza do que é improvável. É só pra isso que sigo nessa vida. Sei que devo isso àquele Tiago ali, de 2007. E a vocês também. Todo meu amor Até já já ❤️

Uma publicação compartilhada por TIAGO IORC (@tiagoiorc) em

Últimas notícias