Saiba quanto Neymar ganhou com a “propaganda-desabafo” deste domingo

Contudo, o objetivo não foi alcançado. E, agora, os envolvidos na produção já tentam gerir a crise advinda da escolha do garoto propaganda

ReproduçãoReprodução

atualizado 30/07/2018 15:42

Apesar das diversas críticas recebidas por Neymar após sua participação no novo comercial da marca Gillette, o jogador foi muito bem pago para externar, em forma de propaganda, seu desabafo a quem o condenou depois de sua participação na Copa da Rússia. A peça foi vinculada no último domingo (29/7).

De acordo com o jornal O Globo, ele recebeu um cachê superior a R$ 1 milhão e a ideia de contrata-lo partiu da agência de publicidade da marca, a Grey Brasil, do Grupo Newcomm. Contudo, o objetivo não foi alcançado. E, agora, os envolvidos na produção já tentam gerir a crise advinda da escolha do garoto propaganda.

No comercial, com tons de desabafo, o atacante até admitiu o exagero nas faltas recebidas durante o campeonato. Os excessos nas demonstrações de dor em campo a cada falta recebida gerou brincadeiras e até memes nas redes sociais.

“Trava de chuteira na panturrilha, joelhada na coluna, pisão no pé. Você pode achar exagero, e às vezes eu exagero mesmo. Mas a real é que eu sofro dentro de campo. Agora, na boa, você não imagina o que eu passo fora dele”, declarou o atacante na peça publicitária. Veja alguns tweets sobre o caso:

Com informações da Agência Estado.

Últimas notícias