Robert De Niro vence ex na Justiça e não dividirá fortuna de R$ 2,8 bi

O casal teve dois filhos e ficaram juntos por 20 anos, com um hiato de cinco anos, depois que se divorciaram pela primeira vez em 2003

atualizado 22/10/2021 18:41

Getty Images/Divulgação

O tribunal americano de apelações decidiu, nessa quarta-feira (21/10), que a ex-esposa de Robert De Niro, Grace Hightower, não terá direito a metade do dinheiro, 500 milhões de dólares — cerca de R$ 2,8 bilhões—, que o ator ganhou em Hollywood e em empreendimentos comerciais.

A mulher argumentou que um acordo pré-nupcial de 2004 lhe deu o direito a metade dos ganhos do astro do cinema, de 78 anos. Grace alega que são bens conjugais a serem divididos igualmente, mas a Divisão de Apelação rejeitou o pedido, sustentando a decisão de um tribunal inferior de fevereiro deste ano.

0

Apesar da derrota, Grace não sairá da relação de mãos “abanando”. A ex de De Niro embolsará alguns milhões graças ao acordo pré-nupcial, que diz que a dupla deveria vender a casa de 20 milhões de dólares (R$ 114,2 milhões) em que moraram juntos e investir 6 milhões de dólares (R$ 34,2 milhões) na compra de uma casa de sua escolha onde ela possa morar com os dois filhos.

Além disso, De Niro concordou em lhe pagar 1 milhão de dólares (R$ 5,7 milhões) por ano como pensão alimentícia até que ela se case novamente ou que um deles morra. De Niro e Hightower estiveram juntos por 20 anos com um hiato de cinco anos, depois que se divorciaram pela primeira vez em 2003, mas renovaram seus votos e se casaram novamente um ano depois, e tiveram dois filhos juntos: Helen, de 9 anos, e Elliot, de 23.

Mais lidas
Últimas notícias