Paulo Betti diz ter sido expulso da Universal após gravar em templo

Um segurança teria informado o ator de que era proibido filmar dentro da igreja. Revoltado, Betti questionou: "Não querem que revele o quê?"

Reprodução/TV GloboReprodução/TV Globo

atualizado 23/04/2019 14:33

O ator Paulo Betti passou por um sufoco na noite de segunda-feira (22/04/19), ao visitar um templo da Igreja Universal. Em imagens publicados por ele nas redes sociais, um segurança o impede de filmar no interior da igreja. “Fui expulso do ambiente por um brutamontes, quase quebrou minha câmera. Não querem que revele o quê?”, questionou o global.

Betti assistia a um culto na igreja quando o episódio ocorreu. No vídeo divulgado no Facebook, alguns fieis surgem diante de uma apresentação de Edir Macedo em um telão. Em seguida, o funcionário do templo aparece e informa que é proibido fazer gravações.

Revoltado, o ator desabafou na internet: “Fui gravar com o celular e quase levei uma porrada! Por quê? Porque é proibido gravar, o [Edir] Macedo usurpando a palavra de Deus? O telão tem imagem e som horríveis, mas havia uns 40 fiéis”. O global recebeu apoio de alguns fãs, mas foi detonado por outros: “Por que filmou? Me poupe”, disparou uma internauta, ao que Betti respondeu: “Por que não pode? É algo obsceno que acontece ali?”.

Em nota enviada ao site Notícias da TV, a Universal rebateu o artista e declarou que, “depois de ser educadamente alertado que não são permitidos registros de imagem no interior dos templos da Universal, ele passou a ofender o pastor que conversava com ele e saiu da Igreja atacando o Bispo Edir Macedo e os fiéis que assistiam à reunião”.

A declaração ainda contém um convite a Betti, confira:

Talvez Betti não esteja acostumado ou não saiba que um templo religioso é um local de oração, para estar em contato com Deus, e que todas as religiões estabelecem regras de comportamento que os visitantes devem acatar, se quiserem frequentar aquele espaço sagrado.

A atitude do ator demonstra o preconceito que muitos brasileiros ainda têm contra a Universal e seus mais de 7 milhões de fiéis espalhados por todo o país. O que se espera é que a TV Globo, empresa que Betti presta serviço há tantos anos, não endosse o comportamento de um ator, cuja imagem se confunde com a dela.

Quem quiser entrar em um dos 7.316 templos e catedrais da Universal do Brasil será sempre bem-vindo, mesmo os preconceituosos. Basta respeitar o local e os demais visitantes que lá estiverem.

E o ator Paulo Betti pode se considerar formalmente convidado para visitar a Universal de sua escolha. Teremos o maior prazer em explicar o que acontece na Igreja, sobre o Templo de Salomão e sobre o Bispo Edir Macedo. Para ele e para todos, as portas da Universal estarão sempre abertas.

Últimas notícias