Nizo Neto sobre surto psicótico que matou seu filho: “Tomou ayahuasca”

Rian Brito foi encontrado morto em 2016 após um surto psicótico causado pelo chá de ayahuasca. O caso gerou grande repercussão na época

atualizado 16/08/2022 13:46

Nizo NetoReprodução

O ator Nizo Neto deu novos detalhes sobre a morte do filho, Rian Brito. Ao podcast Bac-Cast, o artista voltou a comentar que o jovem teve um surto psicótico causado pelo chá de ayahuasca.

“Meu filho tomou ayahuasca, algumas doses, e teve um surto psicótico. Ele estava procurando uma forma espiritual de lidar com uma perda amorosa que ele teve e começou a tomar. Lá pela terceira ou quarta dose, ele pirou. Não queria mais comer. Dizia que, se fosse comer, estaria traindo a Deus”, iniciou ele.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

“Ninguém entendia, e vimos realmente que tinha uma coisa muito estranha acontecendo. Ele começou a emagrecer demais. Um cara de 1 metro e 80 pesando 50 quilos. Totalmente anoréxico e com a pele já acinzentada. Falaram [os especialistas]: ‘Se ele tomou Ayahuasca, essa crise que ele está tendo… isso é clássico, é uma coisa muito séria, meio que um caminho sem volta'”, seguiu.

Rian foi encontrado morto em 2016 após um surto psicótico causado pelo chá de ayahuasca. Na época, o caso gerou grande repercussão pois o rapaz começou a usar a substância em um centro espiritual fundado pela atriz Leona Cavalli.

“O grande problema disso é que não tem como detectar se a pessoa tem alguma pré-disposição psiquiátrica. Meu filho era absolutamente normal, não demonstrava nada. Não tinha depressão, não tomava remédios controlados, absolutamente normal, um jovem de 26 anos. Isso não é um caso isolado porque recebi diversos relatos de pais falando que aconteceu a mesma coisa com os filhos, que desenvolveram esquizofrenia, se suicidaram”, finalizou o filho de Chico Anysio.

Mais lidas
Últimas notícias